Na estreia de Luxemburgo, Sport é eliminado da Copa do Brasil:

ADAURY VELOSO ;

Com um jogador a menos, Leão buscou a virada diante do Botafogo, porém ficou no 1×1. Resultado tirou o Sport da Copa do Brasil ;

31-05-2017-PE Lance da partida entre Sport e Botafogo-RJ pelo jogo de volta na Copa do Brasil 2017, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, nesta quarta-feira (31). Foto: Chico Peixoto/LeiaJáImagens

A noite desta quarta-feira (31) contou com uma presença ilustre na Ilha do Retiro. Cinco vezes campeão brasileiro, o técnico Vanderlei Luxemburo, pela primeira vez em sua história profissional, comandou uma equipe do Nordeste. O treinador viu o Sport atacar o Botafogo no primeiro tempo pelo jogo de volta da Copa do Brasil, nas oitavas de final, mas sem concluir em gol. Já a equipe carioca conseguiu balançar as redes. O empate leonino só veio na segunda etapa, com um gol de cabeça do zagueiro Durval que agitou a torcida rubro-negra. Apesar da luta, o placar ficou no 1×1. O resultado eliminou o time pernambucano da Copa do Brasil.

O jogo

Cabia ao Sport a busca pelo gol. Um placar simples de 1×0 daria a classifcação à equipe rubro-negra, pelo tento marcado na partida do Rio de Janeiro. Tanto que o Leão começou esforçado, rumo ao ataque, arisco, mas sem conclusões claras. Pelo início do jogo, parecia que o bom futebol tinha voltado ao time da Ilha.

Próximo dos 15 minutos de jogo, o Botafogo começou a tocar a bola e ganhar as jogadas no meio campo. Aos 11 minutos, uma bela bola foi enfiada para o atacante Roger, ex-Sport. Ele invadiu a área, deixou Matheus Ferraz no chão e bateu por cima de Magrão. Era o primeiro gol do jogo. Um golaço, na verdade.

Apesar de mostrar raça nas jogadas, os jogadores do Sport apresentaram bastante dificuldade para articular passes no ataque. As finalizações, muitas vezes, esboçavam o nervosismo dos atacantes na hora da conlusão.

Aos 32 minutos, a situação do Leão, por pouco, não ficou mais complicada. Em um belo chute de fora da área, Pimpão acertou o travessão do goleiro Magrão. A resposta do Sport veio em um ataque pela direira. Lenis, que entrou na vaga de Everton Felipe, partiu livre e na hora de finalizar bateu fraco, em cima da zaga carioca.

O primeiro tempo ainda contou com uma bola que sobrou livre para Diego Souza. Ele se esticou, mas não alcançou a redonda e perdeu um gol quase feito. Já aos 42 minutos, uma bola sobrou livre para Roger, pela ponta direita. O atacante alvinegro partiu e rolou para Pimpão que apenas empurrou para o fundo das redes. Entretanto, a arbitragem viu impedimento e anulou o gol.

Sport luta, mas não consegue virada 

Em desvantagem no placar, o Sport foi em busca do empate no segundo tempo. Pela esquerda, Mena ganhou a jogada e tocou na pequena área. Ninguém do setor ofensivo leonino aproveitou e a zaga carioca cortou.

Para complicar ainda mais a situação da equipe pernambucana, Rogério esticou a perna e atingiu João Paulo. A arbitragem deu cartão vermelho.

O vermelho que prevaleceu, no entanto, foi o que representa sinônimo de raça. Com um a menos, o Sport lutou e conseguiu o empate. Depois de uma cobrança de escanteio, Durval subiu e balançou as redes do Botafogo deixando o placar em 1×1. O gol agitou a torcida rubro-negra na Ilha do Retiro.

Empurrado pela vibração da torcida, o Sport cresceu no jogo e demonstrou garra. Lutou, mesmo com um a menos, mas não conseguiu chegar à virada. O embate terminou em 1×1, resultado que eliminou o Leão da Copa do Brasil 2017. Na primeira partida, realizada no Rio de Janeiro, o Botafogo venceu por 2×1.

FICHA DE JOGO

Competição: Copa do Brasil

Local: Ilha do Retiro

Sport: Magrão, Fabrício (Marquinhos), Matheus Ferraz e Durval; Ronaldo (Tallyson) e Rithely; Everton Felipe (Lenis) e Diego Souza; Rogério e André. O técnico é Vanderlei Luxemburo.

Botafogo: Gatito Fernández, Emerson Santos, Joel Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Airton, Rodrigo Lindoso (Dudu Cearense) e João Paulo; Camilo, Rodrigo Pimpão e Roger (Guilherme). O técnico é Jair Ventura.

Arbitragem: Raphael Claus (SP)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro / Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

Gols: Roger / Durval

Cartões amarelos: Emerson Santos; Roger; Lenis

Cartão vermelho: Rogério

Público: 10.385

Renda: R$ 184.625

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *