Na estreia do técnico Roberto Fernandes, Santa joga por vitória

ADAURY VELOSO ;

SANTA CRUZ

Na estreia do técnico Roberto Fernandes, Santa Cruz joga por vitória para voltar ao G4

Caso derrote o Confiança, em Aracaju, Tricolor chegará ao 3º lugar do Grupo A;

Na roda viva que é o futebol brasileiro, ter um técnico estreando por um clube ao longo de uma competição é algo relativamente normal. Mas para Roberto Fernandes, a partida desta segunda-feira, às 19h, contra o Confiança, no estádio Batistão, em Aracaju, é especial. A frente do Santa Cruz, o treinador inicia uma nova história em Pernambuco, rompendo os laços de identificação com o Náutico, clube do qual é torcedor declarado e que coleciona quatro passagens, além do título estadual deste ano. E para os tricolores, será fundamental que esse novo capítulo da carreira de Roberto Fernandes se inicie com o pé direito.

Na sexta colocação do Grupo A, com nove pontos, o Santa assumirá a terceira colocação em caso de vitória, voltando a zona de classificação às quartas de final. Além disso, se aproximará do próprio Confiança, vice-líder com 13 e no Atlético-AC, primeiro colocado, com 15. Cenário que devolverá dias de calmaria no Arruda, após o vexame da eliminação na Copa do Nordeste, que culminou com as demissões do técnico PC Gusmão, do auxiliar Adriano Teixeira, além do volante Leandro Salino e do atacante Robert.
Curiosamente, o Confiança vem sendo uma constante na vida de Roberto Fernandes. Antes de assumir o Náutico no ano passado, o treinador estava no clube sergipano, que ironicamente também foi o responsável pela sua demissão do Timbu, após uma derrota por 4 a 2, na Arena de Pernambuco, há exatos 23 dias.
“Quando assumi o Confiança, em 2016, o clube estava na zona de rebaixamento. Depois, quase conseguimos a classificação. O Santa Cruz estava recentemente no G4, se encontra num colocação acessível. Obviamente, não é a mudança no comando que garante os resultados. Mas a postura tem que passar por mim, na direção e chegar nos jogadores “, afirmou Roberto Fernandes, em sua apresentação.
Com relação à escalação da equipe, o treinador não poderá contar com os meias Giovanni e Hericles, ambos lesionados, mas em compensação terá o retorno do zagueiro Danny Morais, recuperado de uma cirurgia no nariz, e poderá promover a estreia do meia Valdeir, ex-Salgueiro. Curiosamente o jogador havia sido solicitado por Roberto Fernandes no Náutico. No ataque, já sem Robert no elenco, cresce a chance de Hallef Pitbull ganhar uma oportunidade de começar como titular.

Ficha do jogo

Confiança
Genivaldo;  ngelo, Gabriel, Simon e Radar; Diogo, Everton Santos, Rafael Villa e Raí;
Léo Ceará e Iago. Técnico: Luizinho Lopes.
Santa Cruz
Tiago Machowski; Vítor, Danny Morais, Sandoval e Ávila; Charles, Carlinhos Paraíba e Arthur Rezende (Valdeir); Robinho, Hallef Pitbull e Augusto. Técnico: Roberto Fernandes.
Local: Estádio Batistão, em Aracaju
Horário: 19h
Árbitro: Marco Aurélio Fazekas Ferreira (MG)
Assistentes: Marcus Vinicius Gomes e Marconi Helbert Vieira (ambos de MG)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *