NÁUTICO; Nas laterais, aposta nos pratas da casa

Adaury veloso;

Joazi, David, Raphael, Manoel, João Paulo e Igor Neves. Os três primeiros jogam na lateral direita. Os demais, na esquerda. Todos, sem exceção, são formados nas categorias de base do Náutico. Não há setor com maior grau de juventude do que as pontas. Até o momento, o clube focou suas contratações na zaga, no meio e no ataque. Nas laterais, a aposta por enquanto é na garotada.

Titular absoluto do Náutico em 2016, Joazi, por incrível que pareça, já é “espelho” para os demais atletas que buscam espaço no time principal. Um deles é o seu concorrente na posição, David, de 22 anos. O atleta teve uma oportunidade na equipe profissional em 2015, mas não conseguiu se firmar. Passou por Anápolis e América/RN e agora retorna ao Timbu para recuperar o tempo perdido.

“Quero me firmar de vez aqui, jogando em todos os campeonatos possíveis. Joazi vem crescendo e fez uma excelente Série B, mas quero mostrar ao professor (Dado Cavalcanti) meu potencial”, explicou. A diretoria do clube já confirmou que não pretende no momento trazer mais jogadores para a posição.

Na esquerda, a utilização dos mais novos tem sido mais pela necessidade do que pela opção. Com o entrave na negociação com o lateral argentino Leonel Bontempo, o Timbu voltou ao mercado para trazer um novo jogador da posição. Até agora, contudo, ninguém foi anunciado para suprir a carência. Manoel, João Paulo e Igor Neves, todos da base, tentam aproveitar a lacuna e chamar atenção do técnico Dado Cavalcanti.

“Sou um lateral de força. Gosto de ir para frente, atacando, mas também sei defender bem e tenho um chute forte. Estou treinando o melhor possível para ganhar a confiança do treinador”, apontou Manoel.

Jogo-treino
Um teste para avaliar o desempenho físico dos atletas e se os conceitos táticos do técnico Dado Cavalcanti estão sendo compreendidos. É assim que pode ser definido o primeiro jogo-treino do Náutico em 2017. Ontem, a equipe derrotou o Ipojuca por 3×0, no CT Wilson Campos – gols de Alison, Cal e Negretti.

O resultado foi o de me­nos. Para os jogadores, a partida serviu para aprimorar o trabalho que vem sendo feito desde o início da pré-temporada. “Deu para ver que o time mostrou o que tem feito nos treinos durante a semana. Claro que a equipe ideal não está definida, mas ainda temos uma semana para aprimorar mais nosso futebol e corrigir os erros”, afirmou o volante João Ananias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *