Náutico ainda não sabe em qual estádio fará estreia em 2017, pela Copa do Nordeste

Adaury veloso;

O torcedor alvirrubro já está cansado de saber que a estreia do Timbu na Copa do Nordeste será no próximo dia 24 de janeiro contra o Uniclinic. O que ele ainda não sabe é o local da partida ou até se conseguirá assisti-lá no estádio. A invasão de campo de alguns torcedores contra o Oeste na última rodada da Série B puniu o clube com a perda de um mando de campo e ainda não há definição do local do jogo.
“Sestário (advogado do clube na causa) ainda está cuidando disto no Rio de Janeiro. Inicialmente a pena é jogar a 120km do Recife e com torcida. Primeiramente fomos atrás do Luiz Lacerda, em Caruaru para mandarmos a partida, mas o gramado está sem condições. A segunda opção é João Pessoa. Estamos tentando ver até se podemos reverter essa punição”, revelou
A reversão para atuar na Arena Pernambuco pode até ser possível. Difícil vai ser ter público na arquibancada neste caso. Essa é a possibilidade com mais chances de ser aceita caso o jogo siga sendo no estádio que o Timbu manda as partidas. Ainda há esperança de que o clube consiga com que apenas um setor do estádio seja interditado como forma de punição. Foi assim que o Palmeiras atuou em 2016 quando foi punido por uma briga de torcedores no duelo contra o Flamengo no estádio Mané Garrincha.
Se as tentativas de reversão não darem certo, é mais provável que o Timbu termine jogando mesmo na Paraíba, no estádio Almeidão. O grande problema será fazer o torcedor do Náutico se deslocar até João Pessoa. A partida será em uma terça-feira, às 19h. Um desafio bem maior do que chegar em São Lourenço no horário de pico do trânsito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *