Náutico aposta em sequência de quatro jogos no Recife ;

ADAURY VELOSO ;

NÁUTICO

Náutico aposta em sequência de quatro jogos no Recife para reagir de vez na Série C

Como mandante, o Alvirrubro recebe o Remo, Botafogo-PB e Atlético-AC, enquanto único jogo fora de casa será o clássico contra o Santa Cruz ;

Após ser derrotado por 2 a 0 para o ABC, o Náutico voltou a ocupar a lanterna do Grupo A da Série C, com apenas sete pontos. E consequentemente, viu a busca por uma vaga nas quartas de final da competição ficar mais distante. Porém, o time alvirrubro pode ter um trunfo para ainda tentar a recuperação dentro do campeonato. Talvez o último. Isso porque fará suas próximas quatro partidas no Recife, sendo três delas como mandante.

A sequência alvirrubra no Recife começa no próximo sábado, diante do Remo, na Arena de Pernambuco. Já no dia 16, o Timbu faz o clássico contra o Santa Cruz, no Arruda, na abertura do returno. E em seguida, terá mais dois jogos como mandante, diante de Botafogo-PB e Atlético-AC. Sendo assim, a diretoria e a comissão técnica calculam somar pelo menos 10 pontos nessa série, o que fatalmente colocará o time na briga pela classificação, e automaticamente o afastará da zona de rebaixamento.
“Temos que pensar sempre lá em cima. Temos agora esse jogo contra o Remo para fechar o turno. Será o primeiro de quatro jogos em Recife. Temos que acreditar que nesse momento a gente possa evoluir e conseguir os pontos”, destacou o técnico do Náutico, Márcio Goiano.
E os números da temporada ajudam a acreditar que essa sequência possa ser um divisor de águas para o Náutico dentro da Série C. Principalmente nos três jogos a serem disputados na Arena. Isso porque o clube já fez 18 partidas como mandante em 2018, vencendo 14, empatando três e perdendo apenas uma (4 x 2 para o Confiança, já na Série C). Um ótimo aproveitamento de 83,3%.
Já no Brasileiro, além da derrota para o Confiança, o Timbu soma na Arena de Pernambuco um empate com o Santa Cruz, na abertura do campeonato, e as suas duas únicas vitórias até aqui, contra Salgueiro e Globo-RN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *