Náutico arranca empate nos acréscimos diante do Globo;

ADAURY VELOSO ;

NÁUTICO

Apesar de jogo pouco inspirado, Náutico arranca empate nos acréscimos diante do Globo

Wallace Pernambucano, que entrou no segundo tempo, marcou o tento timbu ;

A classificação antecipada não veio nesta sexta-feira. O Náutico fez um jogo pobre diante do Globo-RN, com pouca criatividade e chances de gol, diferentemente de outras partidas. Porém, o time lutou até o fim e teve essa vontade recompensada com um gol aos 46 minutos, arrancando o empate por 1 a 1 em Ceará-Mirim. O Timbu ainda pode garantir a sua vaga neste fim de semana mas, para isso, precisa torcer por uma derrota do Botafogo-PB diante do Atlético-AC. Com isso, o Belo chegaria no máximo aos mesmos 27 pontos do Timbu, mas teria uma vitória a menos. O próximo duelo do Náutico será contra o ABC no dia 4 de agosto, na Arena de Pernambuco, às 16h.

O Náutico surpreendeu com a entrada de Jimenez e Régis no time titular. Os pernambucanos começaram o jogo marcando a saída de jogo do Globo-RN, forçando os potiguares a lançar a bola buscando os atacantes. O Alvirrubro se soltou mais e passou a criar chances, sendo a melhor delas com Robinho, aos 19 minutos. Ele recebeu na cara do goleiro e se atrapalhou com o domínio, dando tempo para Rafael sair da barra e abafar o chute. Em compensação, espaços começaram a ser dados para o contra-ataque potiguar. Em um desses, Jean Natal foi derrubado na meia-lua. Na cobrança da falta, aos 28 minutos, Geovane bateu rasteiro aproveitando brecha na barreira. Bruno ainda tocou na bola, mas não pôde evitar o gol.
Com o tento sofrido, o Náutico acusou o golpe. Passou a errar bastante na saída de jogo e continuou dando espaço para o Globo-RN jogar. A Águia passou a pressionar em busca do segundo gol, e teve duas boas chances para fazê-lo, ambas com Max. Aos 43, o centroavante recebeu uma enfiada de bola entre a zaga e tentou tirar do alcance de Bruno, que fez uma bela defesa. Aos 45, após falta cobrada na área, o experiente atacante cabeceou a bola e ela passou muito perto da trave direita de Bruno. Com o fim da primeira etapa, um suspiro de alívio para o Alvirrubro, ainda grogue depois do gol que tomou.

Segundo tempo

Márcio Goiano prontamente buscou a reação do time e efetuou as entradas de Ortigoza e Wallace Pernambucano, nas vagas de Régis e Lelê, que fizeram um mau primeiro tempo. Logo aos dois minutos, uma boa oportunidade. Assis tentou de cabeça após cobrança de falta e mandou para fora. Aos 16 minutos, Rafael fez grande defesa após uma bomba de Ortigoza e mandou para escanteio. Porém, o goleiro se afobou dois minutos depois, ao sair da área e colocar a mão na bola após chute de Luiz Henrique. Expulsão justa, que fez o Timbu partir com tudo em busca do empate.
A expulsão não deixou os donos da casa expostos. O Globo-RN se fechou bem e não dava espaço para o pouco inspirado setor ofensivo timbu. A melhor chance nesse tempo veio com Assis, em cobrança de falta aos 36 minutos. Camilo fez bela defesa em dois tempos. Nos minutos finais, o Timbu partiu para o abafa e conseguiu o empate. Aos 46 minutos, Luiz Henrique cruzou da direita e Wallace Pernambucano subiu para cabecear e arrancar o empate no Rio Grande do Norte.

Ficha do jogo

Globo-RN: Rafael; Geovane, Victor, Alexandre e Renatinho Carioca; Reinaldo, Galiardo e Jean  Natal (Sidney); Erick, Max (Camilo) e Romarinho (Jamerson). Técnico: Higor Cesar
Náutico: Bruno; Bryan (Júnior Timbó), Camutanga, Suéliton e Assis; Josa, Jimenez, Régis (Ortigoza) e Luiz Henrique; Lelê (Wallace Pernambucano) e Robinho. Técnico: Márcio Goiano
Local: Estádio Manoel Barreto, em Ceará-Mirim
Árbitro: Marcos Mateus Pereira (MS)
Assistentes: Leandro dos Santos Ruberto (MS) e Daiane Caroline Muniz dos Santos (FIFA – MS)
Gol: Geovane (G); Wallace Pernambucano (N)
Cartões amarelos: Galiardo, Jean Natal, Geovane, Camilo (G); Camutanga, Wallace (N)
Cartão vermelho: Rafael (G).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *