Náutico e Sport voltam a se enfrentar nos aflitos;

ADAURY VELOSO =

Classificado na Copa do Brasil, Alvirrubro recebe o rival rubro-negro, que além de dar adeus á competição nacional também perdeu o técnico; Pouco menos de um mês do primeiro encontro, válido do Campeonato Pernambucano, Náutico e Sport voltam a se enfrentar nos Aflitos, às 18h deste sábado, dessa vez pela Copa do Nordeste. E em 28 dias, o caminho trilhado pelos dois clubes foi de evolução pelo lado alvirrubro e de turbulência entre os rubro-negros.

No Timbu, o técnico Gilmar Dal Pozzo conseguiu dosar bem o rodízio de atletas ao longo da maratona de jogos, figurando na vice-liderança do Estadual e conseguindo uma classificação sem sustos na Copa do Brasil, sobre o Toledo-PR. Mesmo perdendo no meio do caminho o atacante Kieza, com uma lesão no tornozelo.
Já na Copa do Nordeste, apesar do clube figurar na zona de classificação às quartas de final, na 3ª colocação do Grupo B, com quatro pontos, a sensação é de que a situação poderia ser melhor. O empate com o River na estreia, em casa, e a derrota para o Botafogo-PB, em João Pessoa, no último sábado, ainda não foram bem digeridas. Com isso, uma vitória diante do maior rival servirá também para uma maior tranquilidade ao trabalho de Dal Pozzo também na competição Regional.
Por outro lado, o clima no Sport é de recomeço, com o trabalho implantado pelo técnico Guto Ferreira sendo implodido em um mês. Demitido após a eliminação na Copa do Brasil, quarta-feira, diante do Brusque, o treinador deixa um Rubro-negro ainda em busca de um norte na temporada.
Com seis empates, uma derrota e apenas uma vitória em nove jogos no ano, o Leão, além de já acumular uma eliminação na temporada, ainda amarga apenas o 5º colocado no fraco Campeonato Pernambucano. Curiosamente, é na Copa do Nordeste onde a situação se mostra menos problemática, com o time na vice-liderança do Grupo A.
Pseuda tranquilidade que pode ruir em caso de derrota no clássico, uma vez que a depender dos demais resultados da rodada, o Sport pode cair até para o sexto lugar. O que tornaria certamente o ambiente ainda mais turbulento para o novo treinador.

Times

Com relação aos times, também diferença de posturas. Enquanto no Náutico, o técnico Gilmar Dal Pozzo prometeu utilizar a força máxima possível, mesmo tendo um compromisso importante na próxima quarta-feira, contra o Botafogo, pela Copa do Nordeste.
Para a partida, o Timbu não contará com o lateral direito Bryan e o zagueiro Diego Silva, suspensos, além de ter como dúvidas o lateral esquerdo Willian Simões e o atacante Matheus Gonçalves, com problemas musculares, além do também volante Luanderson, gripado.
Já no Sport, o presidente Milton Bivar adiantou em coletiva que o time irá poupar alguns atletas com desgaste muscular. Assim, a tendência é de uma formação mista para o clássico. Já o comando do time ficará a cargo do interino César Lucena.
Após o clássico, o Leão só volta a campo no sábado de Carnaval para encarar o América-RN, em Natal, também pelo Nordestão.

Ficha técnica

Náutico
Jefferson; Hereda, Fernando Lombardi, Ronaldo Alves e Erick Daltro; Rhaldney, Jhonnatan (Luanderson) e Jean Carlos; Erick, Paiva e Salatiel. Técnico: Gilmar Dal Pozzo,
Sport
Luan Polli; Raul Prata, Rafael Thyere, Chico e Luciano Juba;Willian Farias, Rithely, João Igor (Alê Santos); Ewandro (Pardal), Elton e Yan (Juninho). Técnico: César Lucena (interino).
Local: Aflitos
Horário: 18h
Árbitro: Wagner Reway (PB)
Assistentes: Luís Felipe Gonçalves e Ruan Neres Souza (ambos da PB)
Ingressos: R$ 40 (arquibancada) e R$ 20 (sócio do Náutico e estudante)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *