Com gol do meio-campo, Náutico vence Confiança ;

ADAURY VELOSO ;

NÁUTICO

Com direito a golaço de Bryan, Náutico embala quinta vitória seguida e é vice-líder do grupo A

Timbu se mostrou consistente, oportunista e efetivo. Venceu o Confiança por 3 a 2 e mostrou à torcida que é favorito ao acesso;

No G4 do grupo A da Série C, o Náutico embalou a sua quinta vitória seguida na Série C, contra o Confiança, e se tornou o vice-líder isolado. Com um jogo muito ofensivo, o Timbu se mostrou consistente, oportunista e efetivo. Venceu o Confiança por 3 a 2, pela 13ª rodada da competição, e mostrou à torcida que é favorito ao acesso. O maior destaque da partida alvirrubra foi o atacante Bryan, que marcou um golaço do meio de campo, que, certamente, estará entre os gols mais bonitos da Série C.

Primeiro tempo

A partida começou como já se esperava: ambas as equipes demonstrando um jogo bastante ofensivo, com o Confiança visando quebrar um jejum de seis jogos sem vitórias, e o Náutico sedento por conquistar sua primeira vitória fora de Pernambuco. Diante deste contexto, a primeira etapa do confronto foi agitada nos dois lados. Aos cinco minutos de jogo, o meia alvirrubro Luiz Henrique quase abre o placar com um belo chute de fora da área; ao que o atacante do Dragão, Léo Ceará, respondeu da mesma maneira, com uma única diferença: o seu chute acertou as redes e fez o Confiança sair na frente, aos 14 minutos de jogo.
Uma outra característica dos primeiros minutos foi o equilíbrio entre os adversários. Apesar de o Náutico ter tido uma maior posse de bola, o Confiança apresentou perigo em muitos momentos. Nos 10 minutos finais da partida, entretanto, o Timbu mostrou uma força de ataque superior, teve mais oportunidades e, em uma delas, saiu o gol de empate do atacante Robinho, aos 33 minutos. Ortigoza também teve a sua chance quando aos 35 minutos ficou cara a cara com o goleiro Genivaldo dentro da área do Confiança. Atacante, contudo, não soube aproveitar e chutou para fora, não permitindo que o Náutico descesse aos vestiários com a vantagem.

Segundo tempo

Se o Náutico começou o jogo faminto pela vitória, depois do intervalo parece que essa fome triplicou. Em 20 minutos de jogo no segundo tempo, o Timbu não apenas já tinha virado o placar, como estava com uma vantagem de dois gols de diferença. Aos 16 minutos, Bryan marcou o primeiro gol da segunda etapa, e, diga-se de passagem, foi um belo chute do meio de campo, um dos gols mais bonitos da série C. Menos de três minutos depois, o meia Luiz Henrique deixou o dele e ampliou a vantagem alvirrubra. Ao sair atrás no resultado, o Confiança até tentou buscar jogo e conseguiu diminuir a vantagem do Náutico com gol de Raí, aos 42 minutos, mas não foi suficiente para reverter a vitória adversária.

Ficha do jogo

Náutico 3
Bruno; Sueliton, Camutanga, Assis, Josa, Bryan; Jhonnatan, Luiz Henrique; Robinho, Dudu (Jobson) e Ortigoza (Wallace Pernambucano). Técnico: Márcio Goiano.
Confiança 2
Genivaldo;  ngelo, Rodolfo, Vinicius Simon (Camilo), Radar; Rafael Vila, Everton (Thiago Silvy), Raí; Tito, Iago (Flávio), Léo Ceará. Técnico: Luizinho Lopes.
Local: Arena Batistão, em Aracaju/SE.
Árbitro: Salim Fende Chavez (SP).
Assistentes: Daniel Luis Marques (SP) e Vitor Carmona Metestaine (SP).
Gols: Léo Ceará (14’ do 1ºT) (C); Robinho (33’ do 1ºT) (N), Bryan (16’ do 2T) (N), Luiz Henrique (19’ do 2T) (N), Raí (42’ do 2T) (C)
Cartões amarelos: Rodolfo (C); Rafael Vila (C), Flávio (C), Dudu (N)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *