Náutico encara Campinense;

ADAURY VELOSO –

Náutico encara Campinense na estreia do técnico Gilmar Dal Pozzo; O Náutico entra em campo nesta quarta-feira, às 21h30, nos Aflitos, de olho no futuro. A curto e longo prazo. Após ser derrotado no jogo de ida por 2 a 1, o Timbu encara o Campinense precisando de uma vitória por dois gols de diferença para avançar da seletiva e garantir sua participação na fase de grupos da Copa do Nordeste de 2020. Triunfo por apenas um tento de vantagem leva a decisão para os pênaltis. Vaga que significa cota de televisão (este ano no valor de R$ 1,74 milhão) e um calendário mais robusto na próxima temporada. A partida também marca o início da segunda era do técnico Gilmar Dal Pozzo no clube.

Anunciado na última segunda-feira como substituto do demitido Márcio Goiano, o treinador volta ao Timbu após três anos. E mesmo comandando o elenco em apenas um treinamento já sentará no banco de reservas por conta do aspecto de decisão do confronto.  Em sua primeira passagem pelo clube, entre 2015 e 2016, Dal Pozzo obteve 61,9% de aproveitamento. Uma classificação logo na estreia será um ótimo cartão de apresentação.
Para o confronto, o treinador, no entanto, já precisará ser criativo. Isso porque, mais uma vez, o Náutico terá vários desfalques. Se recuperando de uma virose, o volante Josa dificilmente reunirá condições de entrar em campo. Com isso se abre uma interrogação na lateral esquerda já que Assis tem uma lesão muscular. Assim, o novo comandante alvirrubro será obrigado a improvisar no setor. Possivelmente o lateral direito André Krobel.
Outra possibilidade de mudança é no meio de campo, com a possível entrada do volante Jhonnatan ou mesmo do meia Lucas Paraíba, em caso de uma escalação mais ofensiva. No seu primeiro trabalho com o grupo, Dal Pozzo não permitiu a presença da imprensa.
“Tudo o que eu falar não vai ter uma precisão porque temos muitos jogadores no departamento médico e nós precisamos de uma avaliação mais profunda. Trata-se de uma decisão e precisamos dos jogadores inteiros que possam atuar o jogo todo. E o técnico não ficar refém de uma lesão, desconforto ou condição física. Então o que nós identificamos nesse momento é colocar jogadores inteiros”, disse o treinador, em sua entrevista coletiva de apresentação.
“Precisamos vencer o jogo mas com postura, estratégia. Com equilíbrio. A bola não pode queimar no pé. Foi isso que nos 50 minutos (de atividade) a gente passou para os atletas. Espero que eles tenham a lucidez para fazer um grande jogo e consequentemente buscar o nosso resultado”, completou.
Para a partida, a expectativa é de bom público. Isso porque a diretoria do Náutico optou por uma promoção de ingressos no valor único de R$ 10. Já os sócios, de qualquer categoria, terão acesso gratuito ao estádio.

Como chega o Campinense

Apesar da vantagem do empate, o Campinense chega aos Aflitos pressionado pela derrota para a Jacuipense por 1 a 0, em Campina Grande, pela segunda rodada da Série D. O time é o segundo colocado do Grupo A7 com três pontos. Pressionado, o técnico Francisco Diá não poupou críticas aos seus jogadores e ameaçou entregar o cargo após o revés.
“Foi uma das piores apresentações de uma equipe comandada por mim. Estamos aqui para tentar ajudar o clube. Mas acho que, se estiver atrapalhando, é melhor eu sair. Tivemos uma conversa durante a semana e ficou acertado que eu ficaria até o confronto com o Náutico. Mas, se torcida e diretoria acharem que eu estou atrapalhando, saio sem nenhum problema”, pontuou.

Ficha do jogo

Náutico
Bruno; Hereda, Camutanga, Sueliton e André Krobel; Jimenez, Luiz Henrique e Lucas Paraíba; Thiago, Wallace Pernambucano e Odilávio. Técnico: Gilmar Dal Pozzo
Campinense
Wagner Coradin, Gustavo, Henrique Mattos, Richardson e João Victor; Ferreira, Vitor Maranhão, Negretti e João Paulo; Erivan e Lopeu. Técnico: Francisco Diá.
Local: Aflitos
Horário: 21h30
Árbitro: Mayron Frederico dos Reis (MA)
Assistentes: Antonio Fernando de Sousa e Raphael Max Borges (ambos do MA)
Ingressos: R$ 10 (preço único). Sócios de qualquer categoria entram de graça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *