Náutico espera para esta terça resposta do STJD ;

ADAURY VELOSO ;

NÁUTICO

Náutico espera para esta terça resposta do STJD sobre denúncia contra a Ponte Preta

Procuradoria do STJD deve se pronunciar se levará denúncia de suposto uso irregular de atletas da Ponte a julgamento ou se arquiva o caso;

A terça-feira promete ser decisivo para as pretensões do Náutico de permanecer na Copa do Brasil. Isso porque após o departamento jurídico alvirrubro ter entrado com uma notícia de infração na última quarta-feira contra a Ponte Preta pela suposta escalação irregular do lateral direito Igor e do atacante Júnior Santos, é esperado para hoje o pronunciamento da procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Se levará o caso a julgamento ou se arquivará o pedido timbu. Nas duas situações, terá justificar sua decisão.

Após receber na quarta-feira, a procuradoria do STJD encaminhou a denúncia do Náutico para o departamento de registros e transferências da CBF para saber se houve ou não algum tipo de irregularidade por parte da Ponte Preta. O prazo de resposta se encerraria ontem. Porém como a data foi feriado no Rio de Janeiro, o prazo foi estendido para hoje.
A alegação dos advogados alvirrubros é de que tanto Igor, quanto Júnior Santos, não poderiam ter sido utilizados pelo clube campineiro nos jogos contra o Náutico pela quarta fase da Copa do Brasil por já terem sido inscritos pelo Ituano na competição. Ambos ficaram no banco de reservas na partida contra o Uberlândia, na primeira fase, mas não entraram em campo.
Paralelamente a isso, a diretoria do Náutico também protocolou junto à CBF a suspensão da realização do jogo entre a Macaca e o Flamengo, pelas oitavas de final da competição, com a partida de ida marcada para o dia 2 de maio, em Campinas.
A solicitação é para que o confronto fique suspenso até que o STJD decida a favor ou contra da denúncia. E que na hipótese do caso ir a julgamento, que o jogo só se realize após a definição de irregularidade ou não dos atletas da Ponte. Caso volte a competição via tribunais, o Náutico herda a vaga da Ponte e enfrentará o Flamengo. Vale ressaltar que a possível classificação também renderá ao Timbu a premiação de R$ 2,4 milhões.
A Ponte Preta, por sua vez, alega que utilizou os atletas após receber o aval da CBF. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *