Náutico perde do Bahia na Fonte Nova ;

ADAURY VELOSO ;

Na virada do turno no grupo C, o Náutico soma um ponto, a mesma campanha do Altos do Piauí. Ambos a cinco pontos de distância do Bahia, o vice-líder, e a oito do Botafogo de João Pessoa, que venceu as suas três partidas. Ou seja, a situação alvirrubra está bem complicada na Copa do Nordeste de 2018, onde tenta, pela quarta vez nesta nova era, passar pela fase de grupos. Em boa fase no Estadual (líder) e na Copa do Brasil (classificado à 3ª fase), o timbu não deslanchou no regional. Contando a seletiva, são cinco jogos e nenhuma vitória (0V-3E-2D). Agora, precisa de três.

Consequência direta do revés na Fonte Nova, num duelo apontado desde o sorteio como o mais difícil. Diante do Bahia, a proposta seria a mesma vista contra o Sport, também na Série A. Ou seja, retranca posta e contragolpes, sem tanta exposição. Afinal, o empate teria sido interessante – considerando a volta, na Arena. Reforçando esse cenário de precaução, um desfalque de última hora, com Wallace Pernambucano fora devido a uma virose. Ortigoza de titular. Porém, o script se desenvolveu ao contrário, com o time de Guto Ferreira abrindo o placar num contra-ataque concluído por Vinícius, ex-Náutico – que comemorou da mesma forma do Ba-Vi, no clássico que não acabou.

Nordestão 2018, 3ª rodada: Bahia 2 x 1 Náutico. Foto: Felipe Oliveira/E.C. Bahia

O Baêa ampliaria no 2T, com o atacante Edigar Junio cabeceando após cobrança de escanteio. A bola parada, outra arma imaginada por Roberto Fernandes, novamente funcionava do outro lado. No finzinho, com o jogo quase definindo, Clebinho aproveitou um rebote e diminuiu, 2 x 1, com o mandante travando a partida até o apito final. Embora esteja tecnicamente num nível acima, o tricolor trabalhou bem o triunfo, que pavimentou a sua classificação junto ao Botafogo. E, consequentemente, a eliminação de Náutico e Altos. Ou será possível uma reviravolta nesta Lampions?

Bahia x Náutico (todos os mandos)
68 jogos
19 vitórias alvirrubras (27,9%)
19 empates (27,9%)
30 vitórias baianas (44,1%) 

Última vitória timbu sobre o Bahia fora de casa: 1 x 0 em 05/08/1990

Nordestão 2018, 3ª rodada: Bahia 2 x 1 Náutico. Foto: Felipe Oliveira/E.C. Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *