Náutico perde Josa, mas pode ter até três reforços;

ADAURY VELOSO –

Luiz Henrique volta a ficar à disposição, enquanto Paulinho e Jefferson Nem são esperados para estrear pelo Timbu; Dal Pozzo pregou cautela; Para o jogo contra o Ferroviário, segunda-feira, às 20h, pela 11ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, no estádio Castelão, o Náutico não poderá contar com Josa, que recebeu cartão vermelho no duelo ante o Imperatriz. Em contrapartida, terá o retorno do volante Luiz Henrique após cumprir suspensão e deve contar também com os atacantes Paulinho e Jefferson Nem – este último ainda aguarda regularização -, que vêm sendo preparados fisicamente para estrear neste confronto.

Para o lugar do capitão da equipe, o técnico Gilmar Dal Pozzo tem Danilo Pires, Jhonnatan e o próprio Luiz Henrique para a função. Desta forma, Jiménez, que jogou mais adiantado contra o Cavalo de Aço, retorna para a função de contenção à frente da zaga.
Anunciado há 25 dias, Paulinho vem aprimorando a forma física no CT do clube, mas já foi inserido às atividades com bola. O jogador não atua desde dezembro de 2018, quando estava no futebol coreano. Cenário similar ao de Jefferson Nem, que jogou pela última vez no dia 23 de fevereiro e tem três partidas neste ano, mas ainda espera sair no BID.
“Tem a condição física. Paulinho foi um jogador que veio nessa condição. Ele fez o último jogo ano passado, estava muito tempo parado e temos que ter cuidado. Eu gostaria muito de colocar ele, mas o ritmo da competição é totalmente diferente. Talvez aguente 30 ou 40 minutos”, ponderou o técnico Gilmar Dal Pozzo.
“Tem a outra condição também que é ritmo de jogo. Nesse momento da competição e nesse momento do ano os atletas estão com ritmo acelerado. Então temos que ter esse cuidado para colocar jogadores inteiros”, concluiu o treinador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *