Náutico pode negociar Jefferson Nem em definitivo;

ADAURY VELOSO ;

lube recebeu sondagens para um novo empréstimo do prata da casa e também uma para venda do atleta, que tem vínculo com o Timbu até 2019 ;

Após o término do seu empréstimo ao Atlético-GO, o atacante Jefferson Nem está de volta ao Náutico. Mas não por muito tempo. Com contrato com o Timbu até dezembro de 2019, o prata da casa, com salário acima de R$ 20 mil, está fora da realidade financeira do clube para a próxima temporada. Dessa forma, a diretoria estuda uma forma de dar um destino ao atleta de 21 anos. Entre elas, está a venda em definitivo para outro clube.

De acordo com gerente de futebol do Náutico, Ítalo Rodrigues, o Timbu já recebeu algumas sondagens de clubes interessados em um novo empréstimo do avançado, além de uma de venda em definitivo do atleta. Os valores, nesse caso, ainda não foram apresentados. “Existem várias sondagens de clubes, a maioria para empréstimo. Além de uma de venda em definitivo. Mas ainda não há nada de oficial. Estamos estudando todas as possibilidades”, destacou.
Oriundo das categorias de base do Náutico, Jefferson Nem teve o seu melhor momento no clube durante a Série B de 2016, quando os alvirrubros terminaram na quinta colocação, perdendo o acesso na última rodada, após perder na Arena de Pernambuco para o Oeste. Na ocasião, esteve presente em 28 partidas ao longo da campanha, 22 como titular, e fez sete gols.
Com o bom rendimento, o jogador teve seu contrato estendido em janeiro até o final de 2019, quando também foi estipulada uma nova multa rescisória. Porém, na atual temporada, o prata da casa não conseguiu repetir boas atuações e perdeu espaço no time. Entre o Campeonato Pernambucano e a Copa do Nordeste foram apenas nove partidas, com apenas dois gols marcados.
No segundo semestre, acabou emprestado ao Atlético-GO para a disputa da Série A. Porém, só atuou 77 minutos, divididos em quatro partidas, sem conseguir balançar as redes. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *