Náutico reduz folha do futebol para menos de R$ 100 mil;

ADAURY VELOSO ;

NÁUTICO

Com empréstimo de jogadores e acordos, Náutico reduz folha para menos de R$ 100 mil

Redução ocorrerá nos meses de setembro, outubro e novembro, quando o clube não terá nenhuma atividade no futebol profissional;

A eliminação do Náutico nas quartas de final da Série C significou, além da perda do acesso, um período de três meses de inatividade do clube, com o início da pré-temporada para 2019 ocorrendo provavelmente apenas em dezembro. Com isso, a diretoria alvirrubra precisou usar de criatividade para manter seus principais atletas e ao mesmo tempo manter os salários em dia. E uma das alternativas utilizadas foi o empréstimo de alguns atletas para outros clubes. Ao todo, seis já foram cedidos, o que, de acordo com o presidente Edno Melo, ajudou a reduzir a folha salarial de setembro, outubro e novembro para menos de R$ 100 mil.

Até o momento, o Timbu já emprestou o zagueiro Sueliton e o volante Jobson para o Red Bull Brasil, que disputa a Copa Paulista. Já o meia Wallace Pernambucano seguiu para o Brasil-RS, o volante Jhonnatan para o CSA, o atacante Robinho, para o Goiás, todos na Série B, além do volante Luiz Henrique, que está disputando a Série A com o Bahia.
Por sua vez, os jogadores que também renovaram contrato com o Náutico para 2019 e não conseguiram empréstimos para outros clubes, como o lateral esquerdo Assis e o volante Josa, aceitaram receber um valor menor de salário nos meses de inatividade, passando a ter o valor integral apenas após a reapresentação do elenco, em dezembro.
“Com os jogadores que estão sendo emprestados estamos conseguindo diminuir a folha, que do elenco profissional deve ficar em menos de R$ 100 mil até dezembro. E os que estão ficando foi negociado uma ajuda de custo nesse período. Do contrário não teríamos condições de pagar”, destacou Edno Melo.
O dirigente timbu também revelou que o grupo de torcedores que ajudou a pagar os salários de jogadores mais caros, como o atacante Ortigoza e o volante Wendel segue ajudando o clube. Inclusive a ideia é que para 2019 mais dois jogadores diferenciados sejam contratados.
“Estamos conversando e acredito que esse grupo vai continuar ajudando no próximo ano. Eles estão satisfeitos com o trabalho. Queremos trazer dois jogadores diferenciados. Mas apenas se esse grupo continuar ajudando. Do contrário não temos como pagar”, finalizou o mandatário alvirrubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *