Náutico vence CRB e encaminha classificação;

ADAURY VELOSO =

Jean Carlos decide confronto contra os regatianos e ajuda a espantar má fase do Timbu; Depois de quatro jogos, a vitória finalmente voltou ao caminho do Náutico. Sem conseguir bater Botafogo, Central, ABC e Santa Cruz, a crise começava a rondar os bastidores do Timbu, que jogou desfalcado de oito atletas. Porém, mais uma vez, contando com a excelente fase do meia Jean Carlos, o Alvirrubro venceu de virada, por 3 a 2, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, e encaminhou a vaga na Copa do Nordeste.

Agora, o Náutico terá duas partidas duras no seguimento do torneio regional. Nas rodadas derradeiras da segunda fase, o Timbu irá encarar o Fortaleza, no dia 14, e o Bahia, no dia 21. Antes disso, o Alvirrubro terá pela frente o Retrô, pelo Estadual, no próximo domingo, às 16h.

O jogo

Com quatro mudanças na escalação em relação ao clássico do último domingo, o Náutico começou a partida sendo pressionado pelo CRB, time dono da casa, pela 6ª rodada da Copa do Nordeste. Nos primeiros quinze minutos de jogo, a equipe alagoana dominava as ações e tinha maior posse de bola, enquanto o Timbu só chegava nas bolas paradas.
E na hora da dificuldade, o maestro Jean Carlos fez novamente a diferença. O camisa bateu escanteio com veneno e encontrou Luanderson, que desviou na primeira trave para abrir o placar para o Timbu.  E a resposta do Galo da Pajuçara ocorreu de maneira imediata. A equipe alvirrubra tocou a bola pelo meio-campo e o atacante recebeu na entrada da área e arriscou chute que bateu Jefferson.
Logo após o gol, a partida ficou paralisada por causa de confusão protagonizada por membros das duas comissões técnicas. O árbitro Léo Simão Holanda acabou expulsando o técnico Gilmar Dal Pozzo, que não estava envolvido na discussão e se negou a sair, alegando não ter feito nada. A bola só voltou a rolar após nove minutos, quando o comandante do Timbu decidir sair.
Com o longo tempo de paralisação, a partida esfriou e ambos os times não conseguiram mais produzir chances perigosas de gol. Os poucos lampejos ofensivos partiam do atacante Erik, que importunou bastante a defesa alvirrubra durante a primeira etapa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *