Nelsinho ignora rendimento contra o Central, critica gramado;

ADAURY VELOSO ;

SPORT

Nelsinho critica gramado do Lacerdão e traça boas expectativas para o Sport na Série A

Treinador minimizou eliminação para o Central no Estadual, blindou jogadores e diz que “tem muitas coisas boas sendo preparadas” para o Brasileirão ;

O treinador Nelsinho Batista pareceu não entender o peso de uma eliminação ainda na semifinal do Campeonato Pernambucano, diante de um Central de orçamento muito menor. Após a derrota por 1 a 0, o técnico do Sport ignorou o baixo rendimento do time no jogo e preferiu falar sobre o estado do gramado do Lacerdão – que, segundo ele, teria atrapalhado os rubro-negros. Apesar da temporada com poucas atuações convincentes, o comandante traça até boas expectativas para o Leão na Série A do Brasileiro, que começa em 15 de abril.

Para Nelsinho, antes de falta de opções no elenco, da baixa produtividade coletiva do time em Caruaru e até de uma pressão pelo favoritismo, o Sport foi muito atrapalhado pelo piso do campo do Central. “Não é desculpa, mas não posso deixar de falar do gramado irregular. O jogo fica mais pegado, menos técnico e de uma bola só. Isto aí que atrapalha, tirar a condição de jogar o futebol que você tem condições de jogar”, opinou.
Assim, ele preferiu blindar os seus atletas. “Não foi falta de entrega. O grupo lutou até o fim, principalmente no último terço do campo. Não tivemos definição, finalização, mas não posso confirmar que faltou entrega. Todos se doaram ao máximo. Se (a classificação) não aconteceu, é por que não conseguimos chegar como chegamos em um gramado bom.”
Convicto no grupo que tem em mãos e acreditando que a direção vai fazer as contratações necessárias, Nelsinho não enxerga um futuro nebuloso para o Sport na Série A. Pelo contrário. “Acho que a gente não pode achar que está tudo errado. Tem coisas boas sendo preparadas. A diretoria tem trabalhado por reforços para o Brasileiro. A minha expectativa é muito boa em termos de competição e de futuro também”, declarou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *