No Sport, interino aponta erros;

ADAURY VELOSO ;

Daniel Palista afirmou que estudou o Atlético-GO, mas conta que atletas voltaram a não colocar futebol em prática e vê dificuldade na fuga da queda ;

O interino Daniel Paulista reconheceu o mau futebol do Sport na derrota por 2 a 0 para o lanterna Atlético-GO, no Olímpico de Goiânia. Mas antes de se colocar como culpado, indicou que os jogadores não executaram o que ele pediu nos treinos e palestras antes do duelo deste domingo. Ciente da situação crítica do clube na tabela da Série A, não diz como, mas pensa em procurar ainda a “melhor forma de jogar” a quatro rodadas do fim da competição.

Daniel disse que Atlético-GO foi bem estudado. Porém, admite que a teoria não foi posta em prática pelos atletas. “Estudamos o Atlético, mostramos que o Atlético se defendia muito bem, fazia bons jogos, que teríamos que ter paciência, mobilidade para penetrar no adversário. Montamos toda essa estratégia, passamos tudo para eles (atletas), mas dentro de campo as coisas não aconteceram dessa forma. A equipe teve dificuldades por vários motivos e a gente perdeu o jogo”, avaliou.
Mas o que está faltando exatamente para o Rubro-negro evoluir sob o comando dele? Daniel tenta responder. “É difícil falar com exatidão o que está acontecendo, mas mostramos para os atletas que estamos exagerando nos cruzamentos, temos que nos movimentar melhor, ter uma marcação mais agressiva, mas as coisas não estão acontecendo. Tem que seguir trabalhando, revendo as coisas. A gente não está tendo tempo para trabalhar, mas é mostrar nos vídeos para conquistar os resultados”, frisou.
Apesar de o time não responder, se afundar na zona de rebaixamento e ainda não ter vencido após ter reassumido o Sport, Daniel confia que o seu trabalho seja assimilado e o Leão apresente uma nova postura para enfrentar o Palmeiras na próxima quinta-feira, em São Paulo. “Vamos analisar o que aconteceu porque quinta tem um jogo difícil. A matemática é complicada, mas temos chances. Lógico que temos que ser realistas, mas temos que seguir acreditando. É procurar a melhor forma de jogar.’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *