O Santa Cruz tem uma ligeira vantagem para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil.

O Santa Cruz tem uma ligeira vantagem para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil. Com empate em 1 a 1 com o Vasco da Gama/RJ, em São Januário, basta os tricolores nesta quarta-feira (20), no Arruda, não sofrerem gol para garantir a classificação à próxima fase da competição nacional. Se o placar do jogo de ida for repetido, a disputa da vaga será decidida nos pênaltis. A partir de 2 a 2, os cariocas passam da terceira fase.

Apesar da vantagem de disputar a partida de volta em casa e se classificar com um empate sem gols, o técnico Milton Mendes garantiu que a postura do time será sempre de buscar a vitória, independente do regulamento.
“Quando eu coloco meus jogadores em campo é para vencer. Sempre para vencer. Eu não sei jogar diferente. Podemos estrategicamente baixar um pouco as linhas (de marcação), mas o objetivo sempre é vencer e buscar o contra-ataque ou uma situação diferente. Sempre digo que eles (jogadores) não são obrigados a jogar bem, mas a entrega tem que ser absoluta”, enfatizou.
O volante Derley fez coro ao treinador coral e assegurou que o Santa não vai jogar com o regulamento “debaixo do braço”. Porém, ele admitiu que dependendo das circunstâncias do jogo o time coral pode jogar com inteligência para conseguir a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil.
“Só podemos pensar no regulamento quando estiver faltando pouco tempo para acabar o jogo. Sabemos que temos uma pequena vantagem, mas não podemos entrar em campo para tentar empatar a partida em 0 a 0. Queremos fazer o nosso jogo para buscar mais uma vitória, mesmo sabendo que do outro lado está o Vasco, que vem para vencer. Estamos cientes da força do adversário e vamos jogar com sabedoria. Se for para usar o regulamento, só no final da partida”, encerrou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *