Parte dos atletas que renovou com Náutico tem nova oportunidade;

ADAURY VELOSO ;

NÁUTICO

Parte dos atletas que renovou com Náutico tem nova oportunidade para buscar espaço no time

Jogadores não conseguiram se firmar ao longo de 2018 mas agradaram a comissão técnica e a diretoria, renovando assim para a próxima temporada;

O Náutico tem sua espinha dorsal montada para a próxima temporada. Boa parte dela é composta de atletas que tiveram protagonismo na equipe durante 2018, como Wallace Pernambucano, Suéliton, Camutanga, Assis, Josa e Jhonnatan. Juntaram-se a eles outros que não tiveram tantas chances, mas que na avaliação da comissão técnica e da diretoria, tem potencial para ajudar o Timbu no ano que vem. Nomes como o dos atacantes Rafael Assis e Rafael Oliveira, dos volantes Willian Gaúcho e Jimenez, e o lateral esquerdo Gabriel Araújo, terão outra chance para buscar seu espaço na equipe ,

Dentro deste grupo, os que mais tiveram tempo de jogo foram Rafael Assis e Gabriel Araújo. Ambos chegaram no Alvirrubro para o começo da temporada e fizeram 22 e 14 jogos, respectivamente. O ponta teve mais chances na equipe durante o comando de Roberto Fernandes. Após a saída do técnico campeão estadual e rendimento atrapalhado por lesões, Rafael perdeu espaço e só voltou a ganhar sequência na reta final da Série C com Márcio Goiano. Mesmo um pouco mais tardio, ganhou a confiança do treinador e foi bem avaliado, garantindo sua permanência até o fim do ano que vem. Já o lateral esquerdo, que havia sido afastado do Náutico em abril e treinava em separado, foi reintegrado a pedido do comandante. Sequer chegou a jogar, mas mesmo assim, renovou até o final do Campeonato Pernambucano.
Nos outros três casos, os atletas não tiveram tantas partidas durante o ano. Quem menos atuou foi o centroavante Rafael Oliveira. Após ter lesionado o joelho em outubro de 2017, ele voltou a jogar somente no dia 11 de agosto deste ano, contra o Remo, na última partida do Náutico na fase de grupos da Série C. Por ser um jogador bastante participativo e de movimentação no ataque, agradou Márcio Goiano e segue até o fim de 2019. Jimenez chegou no decorrer da Série C e disputou seis jogos, marcando um gol. Volante de força e chegada ao ataque, foi bastante acionado pelo técnico na reta final da Terceirona e fica também até o final do próximo ano.
Já Willian Gaúcho, uma das revelações da base alvirrubra, não teve oportunidades na Terceira Divisão. Porém, as boas atuações no Campeonato Pernambucano e em campeonatos pelo Sub-20 timbu, chamaram a atenção da diretoria, que renovou com o jogador até 2020. A intenção do clube é dar mais minutos de jogo ao prata da casa, para ajudar no seu desenvolvimento e também, quem sabe, alcançar destaque como outro volante da base, Luiz Henrique, peça importante no meio campo alvirrubro neste ano.
Outro caso semelhante de jogador que também quer reencontrar seu espaço no Timbu, é o de Jobson. Autor do gol do título do Campeonato Pernambucano, que encerrou o jejum do Náutico de 13 anos sem títulos, alternou momentos bons e ruins na temporada. A inconsistência durante as partidas e treinamentos o fez perder espaço durante o ano. Ainda assim, vestiu a camisa vermelha e branca em 22 ocasiões neste ano, tendo marcado três gols. Seu contrato vai até o fim de abril. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *