Pipico quer manter boa fase no Santa “Onde passo, faço gols”;

ADAURY VELOSO ;

SANTA CRUZ

Artilheiro no Macaé, Pipico quer manter boa fase no Santa Cruz: ‘Onde passo, faço gols’

Atacante ficou no banco de reservas contra o Náutico e ainda não fez estreia ;

Pipico era um desejo antigo da diretoria do Santa Cruz. Sondado ainda no começo do ano para reforçar o clube nesta temporada, o atacante acabou não sendo liberado pelo Macaé. No Campeonato Carioca acabou indo bem. Marcou seis gols. Foi o vice-artilheiro do estadual. Regularizado e bem fisicamente, o atleta de 33 anos está à disposição do técnico Roberto Fernandes, que chegou a pedir a contratação do jogador quando estava ainda à frente do Náutico.

O bom momento de Pipico em 2018 não ficou apenas na competição regional. Pela Série D, marcou mais quatro gols. Em 21 partidas na temporada, balançou as redes dez vezes – uma média de praticamente um gol a cada dois jogos. Experiente, tem passagens por clubes como Guarani e Vasco no currículo e mira no Tricolor seguir boa fase para ajudar o clube que tem no ataque o setor mais carente do time.
“Gosto de jogar pelos lados, mas também tenho feito no clubes que passei a função de centroavante. Estou à disposição do professor e o onde ele optar colocar estarei à disposição”, afirmou. “Onde eu passo sempre faço gols. Espero poder aqui ajudar o Santa Cruz a conseguir o objetivo. Fico ansioso para poder fazer minha estreia, a expectativa boa e tenho me preparado para quando o professor precisar”, acrescentou.
Sobre o interesse antigo do Santa Cruz, Pipico afirmou que chegou a acertar tudo com o Tricolor no começo do ano, mas o Macaé não quis liberá-lo. “Chegamos a acertar tudo, mas Deus sabe o que faz”, disse. No Arruda, agora, o atacante reencontra o volante Charles, com quem jogou no próprio Macaé durante o estadual.
“Fico feliz pela recepção que eu tive. Há um tempo já queria ter vindo para cá, já tive outras propostas, mas infelizmente acabei indo para outros clubes e acabou não vingando. Agora estou aqui me adaptando bem, reencontrar o Charles, que jogou o Carioca comigo, tem o Fabinho Alves também, o William Maranhão… Nosso grupo é bom. É ter tranquilidade, a gente está no G4 e esperamos nos manter lá para conseguir a classificação”, pontuou.
Após ficar no banco de reservas no jogo contra o Náutico, pela última rodada, Pipico tentará novamente cavar uma oportunidade no time no jogo contra o líder da Série C, o Atlético-AC, no próximo domingo, às 20h, no estádio Florestão, em Rio Branco.   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *