Planejamento; entrega do gramado do Arruda vai de 60 a 70 dias;

ADAURY VELOSO =

Desde o fim da semana passada, o Santa Cruz iniciou a troca total do gramado do Estádio do Arruda, num serviço que deve girar em torno de R$ 200 mil, a depender da espessura da camada de argila que será encontrada na área. O planejamento da obra, conduzida pelo engenheiro e também componente do Núcleo de Gestão, Victor Pessoa de Melo, é de entregar o serviço num prazo de 60 a 70 dias.

A empresa responsável pela mudança é a Greenleaf, que faz a manutenção do campo do José do Rego Maciel desde o ano passado. Com sede no Rio de Janeiro, a organização já atuou em sete estádios que recebeu a Copa do Mundo de 2014: Fonte Nova, Mineirão, Maracanã, Mané Garrincha, Arena de Pernambuco, Arena Castelão e Arena da Amazônia.

” É uma empresa que tem como atividade-fim a implantação e manutenção de gramados para fins esportivos, nacional e internacionalmente. Foi escolhida diante da cotação de preços, em meados de agosto do ano passado. Fizemos uma consulta de ordem técnica e ficou a cargo dela o desenvolvimento do projeto iniciado em novembro de 2018 ” , afirmou Victor Pessoa de Melo, em entrevista à Rádio Jornal.

Ainda de acordo com o engenheiro, a Greenleaf não só é responsável pela mudança no piso do Arruda, como também pela posterior manutenção mensal da grama. A expectativa é de que, a partir da próxima semana, o novo material comece a ser plantado. O alcance do prazo inicial tornará possível um dos maiores objetivos da diretoria para a temporada 2020, que é começar as competições do ano sem precisar transferir o mando de campo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *