Polícia abre inquérito para investigar Juninho;

ADAURY VELOSO – A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) abriu inquérito para investigar o suposto uso de arma de fogo por parte de Juninho. O atacante do Sport prestou depoimento nesta quarta-feira (6), na delegacia de Casa Amarela, na Zona Norte do Recife. A delegada Lídia Barci aguarda as imagens das câmeras de segurança da vizinhança para seguir com o caso.

Visivelmente irritado, Juninho disse que não tinha nenhuma arma e não possui segurança. “Eu tava na casa de festa com meu amigo e quando fui embora a pessoa falou algo para mim e correu para pegar um pau no carro. Eu fui no carro buscar um bastão de fisioterapia que utilizo, mas ele não estava lá. Não houve nada do que estão falando. Foi só discussão”, afirmou Juninho.

“Ele afirmou que nunca pegou em uma arma de fogo e que fizeram a confusão por ser o nome dele envolvido. Após as imagens das câmeras chegarem, nós vamos averiguar e se for identificado o uso de arma de fogo, chamaremos ele para prestar depoimento mais uma vez”, disse a delegada responsável pelo caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *