presidente do Santa projeta folha de R$ 250 mil para início da temporada;

ADAURY VELOSO ;

SANTA CRUZ

Com mais um ano na Série C, presidente projeta folha de R$ 250 mil para início da temporada

Valor é o mesmo pago pelo clube tricolor na atual temporada;

Sem ter conseguido o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro, o Santa Cruz vai começar 2019 no mesmo patamar que iniciou a atual temporada. E isso terá, obviamente, reflexo na montagem do novo elenco. Com receitas reduzidas, o presidente coral Constantino Júnior adiantou que para a disputa da Copa do Nordeste, da Copa do Brasil e do Campeonato Pernambucano, a ideia inicial é manter o mesmo valor da folha salarial deste ano. Ou seja, em torno de R$ 250 mil por mês.

Para 2019, o Santa tem garantido as cotas do Campeonato Pernambucano (R$ 1 milhão), da Copa do Nordeste (R$ 1,9 milhão) e da Copa do Brasil, cujo os valores ainda não foram divulgados. Este ano, pela participação na primeira fase (acabou eliminado pelo Fluminense-BA), o tricolor recebeu R$ 500 mil.
“A folha inicial deve ficar em torno de R$ 240 mil a R$ 250 mil. Vamos manter o mesmo patamar deste ano”, afirmou Constantino Júnior, que indicou ainda que o clube deve aproveitar muitos garotos das categorias de base justamente para tentar baratear a folha e valorizar os pratas da casa.
Antes de iniciar o planejamento financeiro de 2019, o Santa Cruz ainda precisa resolver as pendências salarias da atual temporada. De acordo com o mandatário coral o clube ainda não dispõe do dinheiro necessário para fechar o caixa deste ano. Porém, já existe um núcleo de gestão para tentar levantar essas receitas. Caso não consiga, em último caso, há a possibilidade de antecipar alguma das cotas de televisão.
“Hoje as únicas receitas do clube são os sócios e poucos patrocinadores. A conta não fecha. Mas temos pessoas no clubes que estão cuidando disso. Acredito que vai dar para encerrar o ano tranquilo. Vamos equacionar para terminar o ano tudo redondinho. Além disso temos a garantia da cota da Copa do Nordeste e isso dá um certo alento. Mas não queremos antecipar. Isso só seria em último caso”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *