Roberto Fernandes aguarda situação de Charles ;

ADAURY VELOSO ;

s problemas, todos conhecem. Para armar o time que vai enfrentar o Salgueiro, o técnico Roberto Fernandes não poderá contar com Danny Morais, Willian Maranhão e Arthur Rezende, todos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Além deles, Sandoval, Carlinhos Paraíba e Robinho foram preservados pelo departamento médico e não poderão ser utilizados.

Sendo assim, o elenco fica reduzido e o técnico Roberto Fernandes não quis confirmar a escalação, já que aguarda se o volante Charles poderá ser utilizado. Durante a semana, o jogador se queixou de dores musculares virou preocupação para a comissão técnica.

” Na grande verdade, a gente não vai entrar com força máxima porque não é permitido. Os que estão suspensos obviamente não podem jogar. Outros que não têm condições ideais, como Carlinhos e Robinho, também nãO serão utilizados. A equipe está praticamente definida. Só esperamos algumas situações, como a do Charles “, garantiu o treinador coral.

Sendo assim, o Santa Cruz pode entrar em campo com Ricardo Ernesto; Vítor (Maílton), Genilson, Augusto Silva, Allan Vieira; Eduardo, Charles (Jailson), Geovani; Augusto, Pipico e Lima. Sobre a possibilidade de utilizar Lima e Pipico juntos no ataque, o comandante tricolor comentou que uma mudança de esquema deve ser realizada.

” Com a fase que o Pipico atravessa, não posso mexer na posição dele. Com a manutenção do Lima, ele vai ter uma liberdade maior para flutuar, mas não vou colocar o Pipico para jogar nas pontas. Ele não é mais esse jogador. Desta maneira, a gente posiciona uma linha maior no meio-campo e dá liberdade para que ele possa se movimentar “, explicou Roberto Fernandes.

SALGUEIRO 
” É um jogo de extrema atenção. O Salgueiro não tem mais o peso da responsabilidade. Mas eu preferia que eles tivessem chances de escapar, porque iriam para o jogo. Agora não, entram leves e tentando terminar o campeonato da melhor maneira “.

AMBIENTE 
” Posso atestar que o vestiário do Santa Cruz é um dos melhores que trabalhei. Tem jogadores identificados com o clube, comprometidos em chegar ao acesso. A diretoria tem feito muitos esforços para garantir uma reta final tranquila. Nenhum clube chega com mais dificuldades que a gente no mata-mata. Então, com isso, nada mais justo que a torcida chegue junto “.

ESCOLHAS 
” Não tenho uma resposta sobre decidir fora ou em casa. O que posso dizer é que o Santa Cruz vai tentar ganhar o jogo e o que vier, a gente vai se preparar da melhor maneira. O que a gente tem visto nos últimos anos da Série C é uma dificuldade em reverter resultados. Então, as duas partidas do mata-mata são importantes e pedem um equilíbrio “.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *