Santa Cruz; Júnior Rocha dá dura no elenco:

ADAURY VELOSO ;

Técnico não gostou da queda de rendimento da equipe na reta final da vitória sobre o Belo Jardim e apoiou vias da torcida ao fim do jogo no Arruda ;

O técnico Júnior Rocha deu uma verdadeira bronca pública no elenco do Santa Cruz. Apesar da vitória por 3 a 2 sobre o Belo Jardim e da classificação às quartas de final do Campeonato Pernambucano, o Tricolor permitiu uma reação do lanterna do Estadual na tarde deste domingo, após sair vencendo o jogo por 3 a 0. Os dois gols do Calango levaram a torcida a vaiar o time ao fim da partida e trouxeram consigo a revolta do treinador com o que ele chamou de “desleixo” dos atletas.

“Não pode acontecer isso. Estou publicamente dando uma dura nos caras. Não pode acontecer. Mais cinco minutos e a gente passa um vexame como o Sport passou. Vários jogos na história do futebol já foram assim. É o desinteresse, nível de concentração… Agora não posso jogar tudo no lixo. Mas tem que melhorar muito para que a gente possa conquistar o título”, afirmou Rocha.
Pelo que deixou transparecer na entrevista coletiva, o técnico do Santa Cruz soltou o verbo para os atletas nos vestiários. A equipe ia para uma vitória tranquila no Arruda. Mas o apagão na reta final da partida levaram Júnior Rocha a fazer uma cobrança mais exacerbada.
“Fizemos um início de segundo tempo muito bom. Uma boa parte do segundo tempo depois de sofrer o primeiro gol, em uma infantilidade, a gente sofreu. Se for para entrar ali e não fazer a função como é para ser feita fica difícil. Futebol é muito sério e tem muitas pessoas, famílias envolvidas. Fiquei muito feliz com a classificação, mas muito triste com esses minutos que fizeram com que quase a gente passasse uma vergonha. Tivemos o exemplo do Sport há alguns dias, que estava ganhando de 3 a 0, deixou empatar e caiu nos pênaltis. Que sirva como exemplo para vários atletas para que isso não aconteça mais”, ressaltou.
Questionado sobre as vaias da torcida, o treinador deu total razão. “(O torcedor) vaiou com razão. Se eu tivesse na arquibancada eu também vaiaria. Não é possível uma equipe cair tanto de rendimento. Foi desleixo mesmo. Não pode acontecer. Foi conversado isso. Ninguém pode reclamar de oportunidade. Todos receberam. Não está tudo errado, estamos há oito jogos sem perder. Alguma coisas precisam ser mudadas dentro do atleta”, falou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *