Santa; espera aval de Roberto Fernandes por novos reforços;

ADAURY VELOSO ;

SANTA CRUZ

Após dispensas, diretoria do Santa Cruz espera aval de Roberto Fernandes por novos reforços

Saídas de Robert e Leandro Salino abrem lacuna e direção buscará substitutos;

O Santa Cruz está mais uma vez de volta ao mercado. Precisa, sobretudo, repor lacunas no elenco. Afinal, somente nesta semana, três atletas deixaram o clube, seja por opção pessoal ou dispensa. Ciente da necessidade de buscar reforços, a diretoria tricolor aguarda a chegada do novo técnico, Roberto Fernandes, para avaliar nomes e dar seguindo a negociações que estão em curso.

Não trouxemos um único jogador sem que a comissão técnica opinasse. Foi assim com Júnior Rocha e Paulo César Gusmão (ex-técnicos) e vai ser assim com Roberto Fernandes. Ele vai chegar, vai identificar as posições que precisa e vamos discutir os nomes”, disse o vice-presidente de futebol Felipe Rêgo Barros.
 
No início do semana, o volante Luiz Otávio deixou o Arruda para defender o CRB, comandado por Júnior Rocha, na Série B. Já nesta quarta-feira, um dia após o vexame diante do ABC, foram desligados do clube o volante Leandro Salino e o atacante Robert. Com isso, o Tricolor tem no elenco apenas três volantes: Kelvy, Charles e Carlinhos Paraíba. Centroavante, só restou um: Halef Pitbull – além do meia Héricles, que pode fazer a função.
Apesar do momento complicado que vive, com a troca de comando técnico e saídas de atletas, a direção coral vê o Santa Cruz com um grupo forte para a sequência do Brasileiro. “Nosso elenco da Série C é mais encorpado do que aquele que disputou o Nordestão. Temos o Halef Pitbull, Maicon Assis, Allan Vieira. A volta do Danny Morais. Sem falar no Valdeir que é uma contratação tida como relevante por nós”, disse Rêgo Barros. “Os resultados não estão sendo bons, não vamos enganar alguém. Mas temos que ter coerência no nosso discurso. Não escondemos de ninguém que nossa ambição é subir à Série B”, acrescentou.
Com nove pontos e na quinta posição da Série C, o Tricolor volta a campo somente na próxima segunda-feira, quando irá enfrentar o Confiança, em Aracaju. No meio da tabela de classificação, a diretoria tem tentado disseminar a ideia de crise no Arruda.  “Parece que a situação no Santa Cruz é caótica. Claro, perdemos uma classificação importantíssima para nós na Copa do Nordeste, em todos os aspectos: financeiros, técnicos, de um peso grande. Mas não enxergamos uma situação caótica na Série C. Temos a mesma pontuação que o quarto colocado e plenas chances buscar as primeiras colocações no decorrer campeonato”, pontuou o vice de futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *