SANTA; Vítor vê rival Náutico à frente do Santa Cruz:

ADAURY VELOSO ;

SANTA CRUZ

Visando estreia na Série C, Vítor vê rival Náutico à frente do Santa: ‘Vive bom momento’

Lateral, que completará 90 jogos com a camisa coral, disse, porém, que o Santa tem virtudes e confiança em buscar bom resultado contra o Timbu ;

Atual campeão pernambucano, o Náutico desponta como um dos principais favoritos ao acesso à Série B. De olho na estreia da Terceirona contra o rival, o lateral-direito Vítor afirmou que vê o Timbu à frente do Santa Cruz para o início de Brasileiro. No entanto, o experiente atleta de 35 anos ressaltou que o Tricolor, reformulado, tem totais condições de bater de frente no Clássico das Emoções do próximo domingo, na Arena de Pernambuco.

O time deles no conjunto está mais entrosado, vive um bom momento que vem se estendendo o ano todo. Foram campeões com méritos. Fizeram por merecer. Então a moral deles está lá em cima. Estão confiantes, o que não quer dizer que a gente também não esteja confiante. Estamos preparados, confiantes para esse desafio e vamos medir forças do início ao fim. Espero que a gente possa se sobressair porque também precisamos começar bem a competição”, disse Vítor.
Até o momento, o Santa Cruz contratou cinco reforços para a Série C: o zagueiro Sandoval, os volantes Charles, Johnny e Carlinhos Paraíba, além do atacante Robert. Com os novatos, Vítor vê a equipe mais forte e encorpada para a disputa do nacional. “É nossa obrigação vencer o Náutico para ter um pontapé inicial bom. Sabemos do momento dele, mas agora é outro campeonato, a equipe vem treinando forte e se reforçando para o maior objetivo esse no ano, que é o acesso”, ressaltou.

Noventa jogos

Diante do Timbu, Vítor irá completar uma imponente marca com a camisa coral: 90 jogos. Desde 2015 no Arruda, ele já poderia ter ultrapassado o feito, não fosse uma lesão no joelho que o tirou da Série B. “Para mim é uma satisfação enorme vestir essa camisa e representar essa torcida imensa. Espero que essa marca só aumente. Já era para estar com um número maior não fosse essa lesão séria ano passado. É grande a responsabilidade de representar milhares de torcedores apaixonados e espero continuar honrando essa camisa conquistando os objetivos do clube”, pontuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *