SantaCruz estreia no Campeonato Pernambucano ;

ADAURY VELOSO ;

Tricolor volta a campo menos de 48 horas após estreia pela Copa do Nordeste ;

Exatas 46 horas após estrear na Copa do Nordeste diante do Confiança, em Aracaju, o Santa Cruz retorna a campo. Desta vez já de volta ao Recife para fazer a estreia no Campeonato Pernambucano contra o Vitória, às 20h desta quinta-feira, no estádio do Arruda. Cansados pelo curto espaço de tempo entre um jogo e outro e pela maratona de 500 quilômetros de estrada durante boa parte do dia dessa quarta, a escalação tricolor para o jogo desta noite é uma incógnita.

Embora satisfeito com o que viu no empate em 1 a 1 pelo Nordestão, o técnico Júnior Rocha não garante repetir o mesmo time de dois dias atrás. Na verdade, o treinador pretende deixar a cargo do departamento de fisiologia a liberação daqueles atletas que vão ser apontados como fisicamente aptos para voltar em campo tão rápido. “Quem vamos aproveitar (na quinta-feira), vai depender da fisiologia. Vamos ver quem vai estar 100% para colocar em campo. Temos que aproveitar todo o grupo”, disse.
De acordo com a assessoria do clube, apenas minutos antes da partida contra o Vitória, o técnico irá divulgar quais jogadores estarão liberados. Até lá, uma incógnita paira sobre a equipe titular. Em contrapartida às interrogações, o treinador já sabe que poderá contar pela primeira vez com o zagueiro Augusto, regularizado, e com o atacante Robinho Mota. Fora do último jogo por ainda estar melhorando a condição física, o atleta é presença garantida pelo menos entre os relacionados para o jogo.
Se conseguir manter a mesma base que fez uma partida equilibrada contra o Confiança, a expectativa é que o Tricolor consiga seguir a escala de evolução que vem demonstrando desde os jogos-treinos. Se esteve longe de ser brilhante há dois dias, o Santa Cruz se mostrou uma equipe consciente das limitações, que joga no coletivo e que já possui uma boa estrutura defensiva.
“Vamos nos ajustando pouco a pouco, começamos o ano praticamente do zero e quero um modelo de jogo que priorize a parte ofensiva. Estivemos bem na parte defensiva (terça-feira). Acreditar neles (jogadores) e vamos fazer eles evoluírem”, pontuou o treinador.

Adversário

Com uma folha salarial em torno de R$ 120 mil, o time comandado pelo técnico Fernando Lins, no clube desde a última temporada, tem várias dúvidas na escalação que enfrentará o Tricolor. Com problemas de regularização e ainda com atletas fora do condicionamento físico ideal, o treinador não definiu o time. No total, o Tricolor das Tabocas contratou 25 atletas, dentre eles o atacante Thomas Anderson, ex-Santa Cruz, dúvida para a partida.

Ficha do jogo

Santa Cruz

Tiago Machowski, Vítor, Renato Silveira,Genílson e Paulo Henrique; Jorginho, João Ananias e Daniel Sobralense; Arthur Rezende, Robinho e Augusto. Técnico: Júnior Rocha.

Vitória

Dida; Felipe Almeida (Jonas), Jonata (Fabinho), David e Léo Carioca; Oliveira, Romário, Diogénes; Carlinhos, Dodô e Luiz Henrique. Técnico: Fernando Lins.
Local: Arruda, no Recife.
Horário: 20h (do Recife).
Árbitro: Deborah Cecília Cruz Correia (PE).
Assistentes: Gilberto Freire de Farias (PE) e Charles Rosas Pires (PE).
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *