Sport confirma rescisão com zagueiro Henríquez;

ADAURY VELOSO ;

SPORT

Sport confirma rescisão com zagueiro Henríquez e Índio passa a integrar o sub-23

Colombiano está liberado para definir futuro com qualquer clube;

A saída do zagueiro Henríquez do Sport, enfim, está confirmada. Pouco aproveitado pelo Rubro-negro, o colombiano e a diretoria chegaram a um acordo para rescindir o contrato que iria até o fim desta temporada. A informação foi confirmada oficialmente pelo executivo de futebol Klauss Câmara na tarde desta segunda-feira. Outro jogador que também deixa o elenco profissional é o atacante Índio. O atleta, porém, irá reforçar o Leão no Campeonato Brasleiro de Aspirantes, competição sub-23.

“Henríquez procurou o clube para tentar, tendo em vista o cenário em que se encontrava no clube, uma rescisão amigável. Inicialmente, não houve um acordo entre as partes. Na sexta, as conversas foram retomadas e, no final do dia, evoluiu bem. Em virtude até dos jogos da Copa e do fim de semana, acabou se definido nesta segunda pela manhã”, disse o gestor.
Segundo apuração do Superesportes, a condição imposta pelo Sport para que o atleta fosse liberado era que o zagueiro abrisse mão dos dois meses de salários atrasados. Assim, Henríquez ficaria livre também para assinar com outro clube da Série A. Provavelmente, o destino do atleta será o Vasco.
Sem entrar nesses detalhes, Klauss Câmara confirmou que o negócio foi vantajoso para o Sport. “Não houve compensação financeira de nenhum clube e nem se conversou com o jogador sobre o possível destino para outro clube”, declarou. “Foi uma condição que acabou sendo vantajosa para o clube até em virtude do pouco tempo de contrato que ele teria”, acrescentou.
A situação do defensor no Sport estava pendente desde a semana passada. Segundo informações de bastidores, a direção rubro-negra havia liberado Henríquez apenas para assinar com um clube de fora do país. Porém, notícias começaram a surgir dando como certo um novo acordo com o Vasco, rival direto do Rubro-negro nesta Série A.
Assim, a diretoria decidiu desfazer o trato inicial e passou a negociar novas condições com o jogador desde a semana passada até fechar o novo acordo. Para Klauss Câmara, porém, não houve acordo formal para limitar o futuro de Henríquez. “Discutimos vários assuntos. Em uma conversa informal, ele nos falou dessa possibilidade de jogar no país dele, mas não houve condicionante para ele ir a um clube A, B ou C”, declarou.

Histórico de Henríquez

Desde que chegou ao Sport, em janeiro de 2016, Oswaldo Henríquez jamais ficou tanto tempo sem atuar pelo clube. Contratado junto ao Millionários, da Colômbia, o zagueiro já não entra em campo pelo Leão há quatro meses. Em informação revelada pelo técnico Claudinei Oliveira em entrevista à reportagem do Superesportes, no mês passado, o atleta chegou a ficar fora dos planos do elenco principal pela antiga comissão técnica encabeçada por Nelsinho Batista.
Reincorporado ao grupo pelo atual treinador, o defensor acabou voltando para o fim da fila na hierarquia dos zagueiros. Neste ano, foram apenas quatro jogos sendo dois pelo Estadual e outros dois pela Copa do Brasil. No torneio nacional, inclusive, entrou em campo pela última vez em 15 de fevereiro, quando foi titular no vexatória eliminação do Sport para o Ferroviário-CE, em plena Ilha do Retiro. Ao todo, o atleta tem 63 jogos pelo clube, sendo 21, em 2016; 38, em 2017; e quatro este ano. Ele marcou apenas um gol pelo Leão. Ele é o último dos estrangeiros que chegaram desde 2016 a sair do Leão.
Henríquez é o terceiro atleta a deixar o clube durante pausa da Série A para a Copa do Mundo. Antes dele, o volante Fabrício foi emprestado ao Guarani enquanto o lateral direito Felipe Rodrigues também está fora dos planos e também deve seguir para o clube de Campinas, no interior de São Paulo. Inicialmente, a diretoria não pensa em repor peças especificamente para esses casos.

Índio

Klauss Câmara também revelou que o atacante Índio, de 21 anos, passou a integrar o time sub-23 do Sport que disputa o Campeonato Brasileiro de Aspirantes. O atleta se junta também ao goleiro Lucas, que costuma treinar entre os profissionais, mas defende o Leão nos jogos da competição. Índio, porém, não defenderá o Rubro-negro no duelo desta segunda-feira diante do Bahia, na Arena de Pernambuco.
“Em comum acordo entre atleta, comissão técnica e direção, ele passará a jogar o campeonato de aspirantes, que é uma competição importante”, declarou Klauss.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *