Sport encara o Inter neste sábado às 16, no Beira-Rio;

ADAURY VELOSO ; SPORT

Operário, Sport quer embalar e seguir no G6 da Série A

Com 14 pontos e na sexta colocação, o Sport encara o Internacional neste sábado (02), às 16, no Beira-Rio;

A mudança de time de estrelas para a imagem de time operário não estava nos planos da diretoria, mas resume bem o atual momento do Sport. As dependências dos rendimentos de Diego Souza e André já fazem parte do passado na Praça da Bandeira.

Pela atual crise financeira que atravessa o clube, a cúpula leonina resolveu trabalhar com os pés no chão e mais próximo da realidade financeira. O resultado é uma equipe muito mais comprometida dentro de campo, que luta por cada bola até o último minuto e a derrota pode vir por circunstância de jogo, não mais por omissão.

Como consequência do bom trabalho, o sexto lugar no Brasileirão 2018, com 14 pontos ganhos em oito rodadas disputadas. É com a missão de se manter na zona de Pré-Libertadores que o Sport encara um adversário direto nessa briga, o quinto colocado Internacional, neste sábado (2), às 16h, no Beira-Rio. O Colorado possui os mesmos 14 pontos dos rubronegros, mas levam a melhor no saldo de gols (4×0).

Nos últimos cinco anos em que vem disputando a elite nacional, essa é a segunda melhor campanha do Sport nas oito primeiras rodadas. Desempenho que não supera apenas o da reta inicial de 2015, quando o time atingiu a oitava rodada ocupando nada menos do que a liderança da Série A, com 18 pontos ganhos dos 24 disputados. Não à toa, o clube encerrou a competição em sexto lugar, sendo essa a sua melhor trajetória no Brasileirão desde a implantação dos pontos corridos, a partir de 2003.

Na Série A de 2014, com oito rodadas disputadas, os rubro-negros figuravam na décima colocação, com 11 pontos ganhos, três a menos do que atualmente. Nesta edição de 2014, o time encerrou a disputa em 11º lugar. Em 2016 e 2017 largadas muito abaixo do esperado e a luta contra o rebaixamento foi até a última rodada.

Com seis pontos de distância da Z4, o Sport ainda prefere adotar o discurso de pés no chão, com os jogadores e o próprio treinador Claudinei Oliveira se mostrando cientes das dificuldades que a equipe ainda terá pela frente neste Brasileirão. A começar justamente por este sábado. Por conta de questões contratuais, o Leão não terá cinco atletas diante do Internacional. Os zagueiros Léo Ortiz e Ernando, o lateral Cláudio Winck, o volante Anselmo e o meia Andrigo são atletas do Colorado e estão emprestados, por isso estão vetados.

Na direta, Raul Prata retorna de suspensão e assume a titularidade. A única dúvida do comandante rubro-negro é no meio de campo. Sem contar com o seu principal jogador, Anselmo, Claudinei tem Neto Moura e Deivid para ocupar a vaga deixada.

FICHA TÉCNICA 

Internacional
Danilo Fernandes; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, William Pottker, Edenílson, Patrick e Lucca; Leandro Damião. Técnico: Odair Hellmann.

Sport
Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Durval e Sander; Deivid (Neto Moura), Fellipe Bastos, Rogério, Gabriel e Marlone; Rafael Marques. Técnico: Claudinei Oliveira.

Local: Beira-Rio (em Porto Alegre).
Horário: 16h.
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP).
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Daniel Paulo Ziolli (ambos de SP). Transmissão: Premiere.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *