Sport treina para decisão;

ADAURY VELOSO ;

SPORT ;

Foco na posse de bola e ausência de Carlos Henrique: Sport treina para decisão

Eduardo Baptista comanda primeira atividade para confronto contra Paraná;

O primeiro treino do Sport com o elenco completo para o jogo contra o Paraná, às 16h do próximo domingo, na Ilha do Retiro, teve uma preocupação clara do treinador Eduardo Baptista. E ela foi exposta antes mesmo do início da movimentação no CT do clube, na manhã desta quarta-feira, em conversa com os jogadores. Uma das saídas apontadas pelo comandante para se livrar do jejum de 11 partidas sem vencer na Série A é a posse de bola.

“Tem que pensar na posse de bola. É o principal. Se não tiver com ela (a bola), tenho que movimentar”, disse Eduardo Baptista aos atletas. “Tem que participar do jogo. Participar nem sempre é o atacante ir de encontro ao meia ou o volante ir de encontro ao zagueiro. É participar, se movimentar, buscar espaço. Dá a bola para ele (aponta para jogador) e tem que sair para abrir espaço e se movimentar”, resumiu.
Com essa filosofia, o treinador, inicialmente, dividiu o elenco em três e realizou um circuito cobrando trocas rápidas de passe e intensidade. Em seguida, Eduardo Baptista focou exclusivamente na saída de bola. Nesse momento, participaram apenas do trabalho dos volantes aos atacantes. Os zagueiros ficaram à parte em outro treinamento.
Nessa movimentação, a saída de bola começou com os volantes e, em seguida, era realizada uma inversão para estimular a ultrapassagem dos laterais. Durante todo o trabalho, Eduardo Baptista orientou bastante os jogadores e chegou a pedir para repetir algumas vezes quando o desenvolvimento do lance não saiu como esperado.

Diretoria presente

Fora de campo, toda a movimentação foi acompanhada pelo vice-presidente executivo Gustavo Dubeux, em uma estratégia de aumentar a presença dos diretores na semana que antecede a partida contra o Paraná, o último colocado da Série A, e, portanto, considerado um rival direto para o confronto, encarado pelo clube como uma decisão. Além dele, também estiveram na beira do gramado o vice-presidente de futebol Guilherme Beltrão e o executivo Klauss Câmara.

Carlos Henrique de saída

O treinamento desta quarta-feira já não contou com a presença do atacante Carlos Henrique. O atleta está voltando para o Londrina e em trâmite de rescisão do contrato de empréstimo que tinha com o Sport até o fim do ano. Em entrevista ao Superesportes na última terça-feira, o jogador declarou que só sairia caso fossem pagos os dois meses pendentes previstos na carteira de trabalho e do direito de imagem. Segundo Guilherme Beltrão, o clube deve apenas um mês de carteira de trabalho e do direito de imagem. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *