STJD arquiva denúncia e mantém Ponte na Copa do Brasil ;

ADAURY VELOSO  ;

Náutico acusava o time paulista de utilizar irregularmente dois jogadores na quarta fase do torneio ;

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) arquivou nesta terça-feira a denúncia feita pelo Náutico para que a Ponte Preta fosse eliminada da Copa do Brasil. A acusação era de que o time paulista havia utilizado irregularmente o lateral-direito Igor e o atacante Júnior Santos nos dois jogos da quarta fase do torneio nacional. Os duelos renderam a eliminação da equipe pernambucana.

O departamento jurídico do Náutico argumentava que os dois atletas não poderiam ter jogado porque já haviam sido relacionados em um jogo da Copa do Brasil pelo Ituano, equipe na qual atuavam antes de serem contratados pela Ponte. Pelo time de Itu, ambos ficaram no banco de reservas e não entraram durante a partida em questão, o duelo com o Uberlândia-MG, ainda pela primeira fase da competição.

O STJD demonstrou que o determinado pelo regulamento é a proibição do uso de atletas que já atuaram por outro clube. Aqueles que foram relacionados, mas não foram aproveitados, ficam livres para defenderem novas equipes.

Antes dos dois jogos, a Ponte já havia feito uma consulta jurídica à CBF para saber se os jogadores estavam em condições legais. “Conforme vínhamos dizendo desde o começo, a Ponte Preta tinha se embasado junto à própria CBF quando cogitou a possibilidade de colocar os jogadores”, justificou Giuliano Guerreiro, diretor jurídico do clube.

Com a definição, o Náutico segue eliminado e a Ponte Preta continua como adversária do Flamengo nas oitavas de final. O primeiro jogo será no dia 2 de maio, às 19h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Antes disso, porém, o time vai atuar pelo Brasileiro da Série B. No sábado, às 19 horas, recebe o Londrina, mas com portões fechados. O clube cumpre o segundo dos seis jogos de punição por causa de incidentes causados por sua torcida ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *