Técnico do Náutico faz mistério;

ADAURY VELOSO –

Para o confronto contra o Treze-PB, domingo, às 18h, no estádio dos Aflitos, pela 13ª rodada da Série C, o técnico Gilmar Dal Pozzo fugiu do habitual e fez mistério em relação à escalação da equipe. Entretanto, deu algumas pistas durante a entrevista coletiva. Com estes indícios aliados ao treino de quinta, então, é possível que o Náutico tenha apenas três mudanças em relação à equipe que enfrentou o Ferroviário.

Desta forma, a principal delas seria a estreia de Paulinho, atuando um pouco mais recuado, como meia, na vaga do suspenso Matheus Carvalho. No meio, Jiménez mantido no time mesmo com o retorno de Josa – assim, Danilo Pires vai para o banco. Por último, na zaga. Diego Silva ganharia a vaga de Rafael Ribeiro.

Assim sendo, a provável escalação seria: Jefferson; Hereda, Camutanga, Diego Silva, Wilian Simões; Josa, Jiménez, Paulinho; Jefferson Nem, Wallace Pernambucano e Thiago.

CONFIRA OS SETORES DA EQUIPE E AS FALAS DE DAL POZZO
Defesa

Lombardi tem lesão muscular e será desfalque novamente. Rafael Ribeiro, titular diante do Ferrão – mas tendo saído após apenas 15 minutos em campo -, foi poupado da movimentação de quarta e sacado da equipe na atividade de quinta para a entrada de Diego Silva, que deverá ser o titular. “Para mim não há dúvida”, disse, ao ser questionado sobre o parceiro de Camutanga. O restante do sistema deverá ser composto pelos laterais Hereda e Wilian Simões, titulares absolutos.

Meio
Josa e Jiménez treinaram juntos na quinta, com Paulinho fechando o trio no setor. Dal Pozzo explicou que, pelas características do atacante, para poder comportá-lo por ali, a intenção é ter esses jogadores com mais poder de marcação.
“A ideia é essa. Para dar liberdade a Paulinho, eu tenho que posicionar os dois volantes. E fiquei satisfeito com a postura dos dois atletas, dando essa proteção e liberdade para Paulinho”, explicou. “Dentro da ideia e da proposta, eles devem ser fundamentais pelo passe e pelo posicionamento”, completou.

Ataque

Na frente, o trio de ataque tende a ser mantido. Jefferson Nem, Wallace Pernambucano e Thiago tiveram boa atuação contra o Ferroviário e treinaram juntos novamente na quinta. Há a intenção que Nem adquira ritmo para suportar 90 minutos. Thiago, por sua vez, vem sendo o jogador mais regular do ataque, com quatro gols nos últimos sete jogos. E Wallace teve o entrosamento junto a Paulinho bastante elogiada por Dal Pozzo.
“Essa mudança posiciona mais um volante (Jiménez ao lado de Josa) e dá liberdade para Paulinho, para ele aproximar de Wallace e potencializar a equipe para fazer gol, criar mais, com movimentação. E gostei muito, principalmente da movimentação e do entendimento de Paulinho e Wallace por dentro”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *