TIMBU MELHOR Náutico vence o Santa e segue sonhando com a classificação na Copa do Nordeste:

ADAURY VELOSO;

Em uma tarde de domingo (12) no qual a mulher alvirrubra foi a grande homenageada, o Náutico entrou em campo para permanecer vivo na Copa do Nordeste, contra o Santa Cruz em plena Arena de Pernambuco. Em um jogo de muita vontade, o Timbu derrotou o rival e ainda sonha por conquistar a classificação ao mata-mata.

O clássico das emoções começou tirando primeiro o fôlego dos alvirrubros. Aos 8 minutos, Marco Antônio teve falta para cobrar próximo à meia lua e bateu colocado. A bola passou tão perto que parte da torcida gritou gol, até perceber que passou ao lado da trave. Melhor no jogo, o Timbu conseguiu abrir o placar aos 17. Em escanteio cobrado no meio da área, Nirley, que tinha acabado de entrar, apareceu livre para marcar o primeiro: 1×0.

Com a desvantagem no placar, o Tricolor passou a chegar mais ao ataque. Apostando em bolas aéreas, os visitantes tiveram pouco sucesso, mas aos 29 uma falta na intermediária quase terminou em gol. Anderson Salles cobrou bem e o arremate explodiu no travessão de Tiago Cardoso. O primeiro tempo foi encerrado com os visitantes jogando a bola na área alvirrubra, porém não finalizava os lances.

Chuva esfria o Tricolor

Mesmo perdendo, o Santa voltou sem alterações para o segundo tempo, sendo a chuva a única mudança para a reta final de partida. O que mudou mesmo foi a pressão, que passou a ser do Náutico nos primeiros minutos. Aos 2, Alison entrou na área e bateu travado, e aos 6, Manoel invadiu a área pela esquerda e chutou forte. Nos dois lances, Júlio César pegou bem.

O Tricolor teve sua primeira chance com 8 minutos em bola cruzada na área que a zaga bobeou e Éverton Santos entrou já desequilibrado para mandar ao lado do gol. Apesar dos sustos, o jogo voltou a um ritmo mais lento, com o Santa mexendo no meio e ataque, promovendo a estreia do argentino Facundo Parra.

Nos minutos finais, o que se via era um visitante sem poder de criação, perdendo a bola no campo adversário e um Náutico chegando nos contra-ataques. O jogo terminou mesmo em 1×0 e o alvirrubro ainda sonha com a classificação ao mata-mata da Copa do Nordeste.

FICHA DO JOGO

Copa do Nordeste – Grupo A – 5ª rodada

Local: Arena de Pernambuco

Náutico: Tiago Cardoso; David, Tiago Alves (Nirley), Éwerton Páscoa e Manoel; Darlan, Giovanni, Marco Antônio (Cal Rodrigues); Dudu, Erick e Alison (Adalberto). Técnico: Milton Cruz.

Santa Cruz: Júlio César; Vítor, Jaime, Anderson Salles e Roberto; Federico Gino (Thiago Primão), David, Thomás (Facundo Parra) e Léo Costa; Éverton Santos (Wiliam Barbio) e Halef Pitbull. Técnico: Vinícius Eutrópio.

Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira – RN

Assistentes: Francisco Fernando Jaílson da Silva – RN / Luis Carlos de França Costa – RN

Gols: Nirley (CNC)

Cartões amarelos: Jaime e Federico Gino (STA) / David, Nirley e Erick (CNC)

Público: 6.692 pessoas

Renda: R$ 85.950

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *