Torcida JOVEM é multada por danos causados ao Sport;

ADAURY VELOSO ;

SPORT

Torcida uniformizada é multada em R$ 320 mil por danos ao Sport na temporada 2015

Por decisão em primeira instância, clube será ressarcido por multa e jogo de portões fechados após confusão gerada pela Torcida Jovem no Brasileiro;

Em setembro de 2015, membros da Torcida Jovem, uniformizada declarada como seguidora do clube, protagonizaram cenas de agressão a um outro torcedor no estádio Couto Pereira, na partida contra o Coritiba, válida pela 22ª rodada do Brasileirão daquele ano. À época, o fato causou ao Sport uma punição com a perda de mando de campo de uma partida, além de indenização em R$ 50 mil. O clube recorreu da decisão e, nesta quinta-feira, recebeu a notícia da causa ganha em primeira instância. A Torcida Jovem, então, será obrigada a pagar os danos causados. O juiz Brasílio Guerra, da 2ª vara cível do Recife, expediu a decisão ressarcindo o Sport pela multa paga na ocasião, além de uma segunda multa por danos morais e materiais ao clube. Segundo o jornal Gazeta do Povo, os valores somam R$ 30 mil por danos morais, R$ 50 mil pela multa aplicada ao Sport e R$ 240.906,27 pela partida realizada na Ilha do Retiro com os portões fechados.

 o vice-presidente jurídico do Sport, Leucio Lemos, contextualizou a punição imposta ao clube à época. “Em 2015, o Sport foi punido pela CBF e pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), mesmo sendo visitante e tendo enviado os ofícios para a própria CBF, para o Coritiba, e para a Secretaria de Defesa Social de lá, alertando para a proibição que já havia aqui em Pernambuco, e chamando a atenção também para a iminência de tumulto, que foi o que aconteceu. Eles causaram, o Sport foi punido com a multa e ainda com um jogo sem a presença da torcida”, explicou.
Em seguida, o vice do jurídico rubro-negro destrinchou a decisão recente do Tribunal de Justiça de Pernambuco. “Fomos à Justiça solicitando uma multa por danos morais e materiais. A Justiça agora deu a sentença. Essa decisão publicada condena a Torcida Jovem com o ressarcimento da multa e uma indenização em R$ 50 mil, além de danos materiais em cerca de R$ 320 mil”, destrinchou Leucio.
O outro lado
A reportagem tentou entrar em contato com a Torcida Jovem, porém não houve respostas. A decisão ainda cabe recurso por ter acontecido ainda em primeira instância. Em entrevista ao Superesportes à época, o então presidente da uniformizada Henrique Marques Ferreira admitiu as agressões, afirmando inclusive ter participado do ato, sob alegação de ter agido por “defesa”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *