UM JOGO OU UMA PELADA

, NERISTORCEDOR É QUEM PAGA

Inicio de uma temporada, os times ainda em formação.Jogo num estádio longe da capital.Jogadores ainda sem se conhecer,Alemão repetindo tudo aquilo que ele sempre soube fazer, expulso ou cartão amarelo igual esse Lelê e  este ala esquerdo do Náutico.Um futebol fajuta,sem emoção.

Foi assim que observei a pelada de ontem quando o Náutico daquí a pouco vira pai do Santa Cruz.Para mim quem ganhou o jogo foi o técnico do Náutico.Esperou o tempo todo o time do Santa Cruz e quando tomava bola partia com perigoso ao contra ataque. Mas futebol mesmo,o pobre do torcedor deve ter chegado em casa por volta de 1 hora da madrugada.

Amanhã tem outro Sport x América. Que horário do jogo  Só muda o estádio.A obrigação de vencer é daquele time ruim que jogou domingo e perdeu do Salgueiro.E se o Verdão complicar; Falcão fica louco, torcedor se arreta e o título estadual deixa de ser sonho para a certeza que vai se repetir o ano passado.

O “famoso” para os homens que entendem de futebol no Sport,  chegou em Setembro no Fluminense e já caiu fora. Falcão não cai,mesmo que perca para o América porque a diretoria tem medo dele.O homem só falta ir para o banco sem camisa.Amanhã,como está na Ilha,pode ser que já tenha mandado engomar seu terno ao invés de utilizar roupa que o patrocinador entrega ao clube.Mas os dirigentes não tem coragem para lhe obrigar.Se fosse um técnico da região, ninguém falava em elegância, em chapéu,em bermuda em camisa psícoldelica.

Nosso futebol está ficando ridiculo. Os clubes do interior se arrastam e os da caapital nada produzem. Ontem, todos acreditavam no Santa Cruz que quer depender de um centroavante que já era e um meia que sózinho não pode carregar o time nas costas.O enganado;o torcedor que vai á campo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *