Vinícius Eutrópio festeja ausência de viagens e Santa Cruz sem lesões

Adaury veloso;  O Santa Cruz só fez uma viagem até aqui em 2017. Logo na estreia da temporada, partiu para Campina Grande-PB, onde enfrentou o Campinense pela Copa do Nordeste. Desde então, o Tricolor tem revezado os seus jogos entre o Arruda e a Arena de Pernambuco. Vai ainda enfrentar o Sport, na Ilha do Retiro, pelo Estadual, mas não sairá do Grande Recife até o próximo dia 25, quando enfrentará o Uniclinic – em Fortaleza-CE, pela sequência do regional. O técnico Vinícius Eutrópio não esconde que gosta da confortável situação.

Nesta quinta-feira, por exemplo, o Santa Cruz poderia ter que viajar para Caruaru enfrentar o Central. Como o Lacerdão não está liberado para receber partidas, o embate com a Patativa pelo Estadual será na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana e a apenas 19 quilômetros de distância da capital pernambucana. A sequência sem pegar voos ou estradas agrada Eutrópio, que condiciona isso a ausência de lesões no elenco.

“É excelente porque pesa favoravelmente em relação ao número de jogos pelo número de dias de descanso. Talvez, a nossa equipe seja a única no Brasil que não tenha tido nenhuma lesão. Nenhuma na pré-temporada e nenhuma nos jogos. Então, essa relação de não viajar favorece muito a todos nós. Os treinos são aqui, já tem toda a estrutura do Arruda, mesmo que pese falta do centro de treinamento. Os jogadores estão ambientados ao estádio, uma coisa mais família, mais caseira”, falou Eutrópio.

O treinador atribui também a falta de contusões aos esforços de sua comissão. “No nosso método de trabalho, a gente humaniza e individualiza muito jogador por jogador e leva muito o estado dele no momento para cada dia de treino. Isso faz com que os próprios jogadores estejam bem em todos os treinos e entrem bem nos jogos, diminuindo o risco de lesão”, sentenciou o comandante coral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *