zagueiro Ernando ganha sequência improvisado no Sport;

ADAURY VELOSO ;

SPORT

Após descartar jogar como lateral, zagueiro Ernando ganha sequência improvisado no Sport

Atleta atende a pedido de Eduardo Baptista na tentativa de melhorar defesa;

Presente em 20 dos 24 jogos do Sport nesta Série A, o zagueiro Ernando é uma das peças mais assíduas do elenco rubro-negro em campo. Nas últimas quatro partidas, porém, o jogador passou a desempenhar uma função que já havia descartado fazer na carreira. Com o time bastante exposto, virou lateral e, agora, tem a missão de proteger melhor o setor defensivo pelo lado do campo. Situação que o próprio atleta reconhece não ser a ideal, mas que ele pretende cumprir da melhor maneira possível.

Esse ano eu comentei que não iria mais jogar como lateral, mas o Eduardo (Baptista) me pediu. Começou contra o Botafogo, fazendo a lateral esquerda. É uma função que fiz bastante no Internacional tanto na lateral direita quanto na esquerda. Lógico que minha posição preferida é zagueiro, mas o Eduardo me colocou para fazer essa função e venho tentando fazer meu melhor”, disse Ernando, que agora está atuando pelo lado direito do campo e será mantido no setor para o duelo com o Corinthians, em São Paulo, neste domingo.
Para evoluir no papel, o jogador reconhece que ainda precisa de mais treinamentos apesar de dizer que já está habituado ao setor. Aliás, não só ele como outros jogadores também estão sendo deslocados da função original para cumprir novos papéis a pedido de Eduardo Baptista. O treinador tenta reinventar o elenco que tem em mãos na tentativa de sair da zona de rebaixamento. Assim, Neto Moura passou de volante para meia e Cláudio Winck de lateral direito para ponta.
“Primeiramente, são opções do treinador. Ele optou por diversificar posições de jogadores que sabem fazer várias funções. É meu caso, do Neto (Moura), do Cláudio (Winck). São jogadores que estão acostumados a jogar também do meio para frente. Não só do meio para trás”, disse.

Sobre suas característica, Ernando reconhece que está mais habituado a fazer a parte defensiva. “Minha característica é mais defensiva. Sempre quando posso e dá, me coloco à disposição para fazer as jogadas ofensivas. Isso a gente também vai evoluindo com os treinamentos. Vou para o meu quarto jogo como lateral e já estou me sentindo melhor. Com essa semana cheia (de treinos), espero aprimorar cada vez mais. Não só eu, mas os outros jogadores que estava fazendo essa função também”, acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *