Com ataque do Sport funcionando e erros na defesa, Oswaldo vive dilema

 

Adaury Veloso Blg

2016_coritiba_3x2_sport_560_1 do “cobertor curto”; Nas duas últimas partidas, Sport marcou seis gols, mas sofreu sete

O técnico Oswaldo de Oliveira vive uma espécie de dilema do “cobertor curto” no Sport. Nas duas últimas partidas do time no Campeonato Brasileiro, o ataque voltou a funcionar. Contra Atlético-MG e Coritiba, o Leão marcou seis dos seus oito gols na competição. Porém, nas mesmas partidas, a defesa levou sete dos 12 tentos sofridos no torneio. Achar o equilíbrio para voltar a pontuar é o novo desafio do treinador, que segue aguardando reforços.
Ontem, o comandante rubro-negro reconheceu que o sistema defensivo da equipe não funcionou. “Quando levamos gols é porque cometemos erros. Se não errar, não leva gol. Na maioria das vezes, também é em consequência da qualidade do adversário. Não desmerecendo o Coritiba, mas não tivemos um assédio tão firme para tomar os gols que tomamos. Nossa defesa já foi mais sólida em outras oportunidades”, reconheceu.
Vale ressaltar que dois dos três gols sofridos pelo Sport foram em lances originados de bolas paradas (lateral e escanteio), enquanto outro surgiu após falha individual do zagueiro Matheus Ferraz, que ainda seria expulso poucos minutos depois. Assim, para a partida de quarta-feira, contra o Santos, o treinador deve optar pela entrada do prata da casa Oswaldo, que no começo do ano chegou a ser emprestado para o Botafogo-SP por não interessar à antiga comissão técnica.
Outro desfalque defensivo é o do volante Serginho, também suspenso. Para a posição, as opções são Neto Moura, Luiz Antônio e Rodrigo Mancha. “Isso é algo previsível. Sabíamos que durante o campeonato haveria contusões e suspensões, que iriam nos tirar alguns jogadores. Estávamos nos preparando para isso e vamos procurar substitutos que façam com que a qualidade do time não sofra. Contra o Coritiba sentimos bastante a ausência do Samuel Xavier”, destacou Oswaldo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *