Com gol irregular Sport perde por 1×0 e terá que vencer jogo da volta para ser campeão.

POR ADAURY VELOSO                               Com gol irregular Sport perde por 1×0 e terá que vencer jogo da volta para ser campeão. Três dias depois de conquistar a Copa do Nordeste e com o Clássico das Multidões prestes a completar 100 anos de existência, a Cobra Coral largou na frente da decisão do Campeonato Pernambucano 2016, batendo o Sport por 1×0, nesta quarta-feira (04), no Arruda. O gol marcado por Lelê, aos 30 minutos do primeiro tempo dá o benefício do empate aos tricolores neste domingo (8), no segundo e decisivo jogo, na Ilha do Retiro. Em caso de vitória rubro-negra por um gol de diferença, a decisão sairá nos pênaltis.

E como todos os ingredientes no caldeirão do Arruda, não podia faltar o principal: emoção, que não faltou no primeiro tempo. Mesmo com o desfalque do colombiano Reinaldo Lenis de última hora, acometido por uma virose, o Sport apostou na ofensividade e encurralou o Santa Cruz no campo de defesa nos primeiros 20 minutos. O trio de armadores formado por Gabriel Xavier, Mark González e Éverton Felipe conseguia uma movimentação rápida e constante, confundido a zaga coral.Na segunda etapa, o mesmo cenário do primeiro tempo: Leão pisando no acelerador nos minutos iniciais. Com dois minutos, Mark emendou uma bomba, que passou com perigo. Utilizando a mesma formatação tática, os rubro-negros conseguiram a melhor chance aos 16. Em confusão na área, a bola sobrou para Vinícius Araújo chutar na zaga coral. Desta vez, quem mostrou cansaço em defender foi o Santa Cruz. Atuando com dois atacantes de área, com a entrada de Túlio de Melo, Tiago Cardoso salvou dois lances capitais, em finalizações de Serginho e do próprio Túlio de Melo, garantindo a vitória e vantagem para os tricolores. Santa Cruz 1
Tiago Cardoso; Vitor, Néris, Danny Morais e Tiago Costa; Uilliam Corrêa, João Paulo (Wellington Cézar) e Lelê; Artur (Raniel), Grafite (Bruno Moraes) e Keno. Técnico: Milton Mendes.

Sport 0
Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Renê; Rithely, Luiz Antônio (Serginho), Gabriel Xavier, Mark González e Éverton Felipe (Túlio de Melo); Vinícius Araújo. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Local: Arruda (Recife). Árbitro: Emerson Sobral. Assistentes: Clóvis Amaral e José Daniel Torres. Gol: Lelê (aos 30 do 1ºT). Cartões amarelos: Lelê e Tiago Costa (Santa). Mark González, Henríquez, Samuel Xavier e Luiz Antônio (Sport). Público: 30.163. Renda: R$: 544.460,00Chp9t0ZWkAEL19XChqJ9wdWsAAx9-s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *