Sem marcar há mais um mês, Grafite quer encerrar jejum de gols no Clássico das Multidões;

Cfeq4lPWEAE0lus Recuperado da lesão no adutor da coxa esquerda, o atacante Grafite reforça o time do Santa Cruz no clássico contra o Sport Recife, no Arruda. Retornando à equipe, o camisa 23 revela estar incomodado com o jejum de gols. Há mais de um mês sem balançar as redes, ele espera acabar com a seca no duelo decisivo diante do maior rival.
A última vez que Grafite deixou sua marca foi no dia 25 de fevereiro no empate do Santa em 1 a 1 com a Juazeirense/BA, pela fase de grupos da Copa do Nordeste. Além disso, perdeu a artilharia do time na temporada para Keno, que tem cinco gols. “Espero voltar a marcar, até porque já faz um tempo que não faço gols. Então, acho isso importante para a autoconfiança. Quando estou bem, sei da minha importância para o time e não tem nada melhor que voltar num jogo tão decisivo quanto esse”, disse.
Como passou dois jogos fora de combate, o atacante ainda não sabe se dá para atuar os 90 minutos do clássico no próximo domingo (10), no Arruda. Segundo o centroavante, a parte física não é empecilho. “Eu não perco fácil minha condição física, mas é lógico que o ritmo de jogo pesa por ter ficado fora das últimas partidas. Fiquei fora de alguns treinos e outros atletas estão num nível físico acima do meu. Creio que tenho condições de jogar num bom nível 75 minutos. Me senti bem no treinamento com bola e espero reunir condições para atuar mais do que o esperado”, disse.
DECISÃO
“Mais uma decisão, como vêm sendo os últimos jogos. Já poderíamos ter conquistado a classificação antecipada, mas não conseguimos. Acredito que vai ser um jogo difícil, pois o Sport vai querer nos tirar do campeonato, um adversário com que podemos encontrar na final”, alertou.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *